Carreira

Como negociar um aumento no final do ano

É mais fácil fazer com que as pessoas concordem com você se você demonstrar que valoriza suas percepções e emoções ao invés de tentar usar o poder e a lógica para persuadí-los. Este é o principal pensamento de Stuart Diamond, ex-repórter do The New York Times. O assunto principal em que essa frase pode ser aplicada é na hora de pedir um aumento no final do ano.

Em primeiro lugar, explica Diamond, sempre negocie pessoalmente, em vez de utilizar telefone ou e-mail. Estudos mostram que reuniões cara a cara são seis vezes mais propensas a ir da maneira do negociador. “Quando você olha nos olhos de alguém, é mais difícil de dizer não”, observa ele. Ao invés de enquadrar a reunião como uma negociação salarial, diga ao seu chefe que você gostaria de ter uma ampla discussão sobre o seu valor para a empresa.

Em segundo lugar, informe-se sobre as percepções do seu gerente sobre você. Pergunte como você se saiu este ano, o que você fez que saiu ou não como o esperado? Não pergunte se o gerente tem avaliações escritas sobre você.

Em seguida, se o patrão disser que a empresa não está concedendo aumenta este ano, pergunte: “O que eu preciso fazer no próximo ano para conseguir um aumento?”. Chegue preparado com a documentação de todas as suas realizações durante o ano, aconselha Diamond. Aproveite qualquer elogio de outros superiores para apresentar para seu chefe e assim ter argumentos.

Ofereça-se para trabalhar em turnos extras ou durante as horas de folga. Diamond conta que ele descobriu que o Times sentia falta de pessoal nos finais de semana, então ele disse que viria aos domingos. Havia sempre uma abundância de trabalho e as mudanças de domingo renderam material para uma página de histórias adicionais.

O especialista também aconselha voluntariado para alternar departamentos se a sua empresa pode usar seus serviços em outro lugar.

 

 

Topo