Carreira

Trabalhos que exigem muitas horas de estrada são prejudiciais à saúde

Se há uma situação pela qual a maioria das pessoas passa ao menos uma vez na vida é ter de escolher entre um trabalho que paga melhor, mas que exige viagens constantes, ou continuar no trabalho atual.

É fácil ficar tentado a aceitar um emprego por conta da oportunidade de lucrar mais, mas pesquisas têm mostrado que muitas vezes o cansaço e desgaste podem ser maiores do que os benefícios.

Um novo estudo feito pela Universidade de Waterloo, no Canadá, descobriu um link direto entre as viagens excessivas de um trabalho e o bem-estar. A conclusão foi que pessoas que não têm tempo de descanso e viajam muito têm uma satisfação menor com a própria vida. Pessoas que passam muito tempo na estrada, por exemplo, têm um nível muito alto de estresse.

Trânsito é o principal motivo de estresse nos funcionários que viajam demais. Sejam horas no carro, em aviões ou rodoviárias. Apesar disso, aqueles que têm tempo para praticar alguma atividade física, como ir à academia do hotel, têm o nível de irritação mais baixo.

Evite passar muito tempo nas estradas. Um estudo divulgado em 2012 apontou que pessoas que tem este hábito tendem a ter mais problemas cardiovasculares e também de metabolismo. Quanto mais tempo no carro, maior é a tendência a obesidade e problemas de pressão.

 

 

 

 

Topo