Carreira

Conheça as profissões mais e menos estressantes dos Estados Unidos

Muitas pessoas acreditam que ser policial é a profissão mais estressante dos Estados Unidos. A controvérsia sobre a conduta da polícia não diminui e o trabalho em si parece cada vez mais mortal. Depois, háo controle contínuo de conduta dos policiais e, mais a sério ainda, os protestos maciços por conta de vários assassinatos cometidos por eles.

Apesar de todos os motivos, uma nova lista divulgada pelo CareerCast, que elegeu as profissões mais e menos estressantes do EUA, colocou a profissão em quinto lugar.

RANKING: 10 profissões mais estressantes dos EUA em 2015

A função mais estressante é a de bombeiro. “Eles são os primeiros a passar pela porta de um prédio em chamas, os primeiros a lidar com produtos químicos extremamente perigosos. O trabalho estácheio de picos de adrenalina, eles vão da calma completa ao estresse máximo”, conta Tony Lee, editor do CareerCast. Além disso, a profissão, nos EUA, conta com cortes orçamentais em diversos municípios.

Em segundo lugar na lista, e não surpreendentemente, estáo serviço militar.

Sobre a profissão menos estressante éprovável que poucas pessoas citassem essa ocupação, mas o número a eleita pelo CareerCast é a de cabeleireiro. “Além de trabalhar diretamente com seu cliente, ainda háa satisfação de ajudá-los”, conta Lee. Cabeleireiros podem agendar seus próprios horários, aproveitar inúmeros elogios e ainda fazer novas amizades.

RANKING: 10 profissões menos estressantes dos EUA em 2015

Para formar a lista das profissões mais e menos estressantes dos EUA, o CareerCast se baseia em dados recolhidos desde 1995 e contam com uma equipe da Universidade de Wisconsin e pesquisadores que trabalham sob a supervisão do especialista em carreiras Les Krantz .

A equipe também busca informação no Departamento do Trabalho norte-americano, em associações comerciais e em empresas de pesquisa privadas.

Topo