Carreira

Como uma viagem de primeira classe pode ajudar na sua carreira

Pergunte para a maioria dos palestrantes motivacionais qual é a parte do trabalho que eles menos gostam e a resposta será uma só: viagens. Muitos dividem suas agitadas rotinas entre idas e vindas aos aeroportos. Alguns de primeira classe. E não pense que, nesse universo, quem viaja assim é necessariamente esnobe. Há um grande sentido empreendedor nisso.

O primeiro ponto é o fato de conhecer novas pessoas. Você nunca sabe quem pode conhecer viajando de primeira classe. Além disso, o estresse pode ser minimizado se você está em uma parte mais privilegiada do avião, principalmente, em momentos de turbulência ou voos longos e desconfortáveis. A chance de haver barulho ao seu redor na primeira classe também é menor, o que pode ajudar no desenvolvimento de projetos ou até mesmo na preparação de uma apresentação profissional.

Outro ponto importante a ser levado em consideração é o tempo. Não é necessário chegar tantas horas antes ao aeroporto para o embarque. É possível  entrar antes no avião e sair antes. Não para por aí: suas malas são despachadas primeiro, o que ajuda a chegar ao destino mais rapidamente.

É claro que a primeira classe custa mais, na maioria das vezes, muito mais, mas, depois que você calcula os benefícios, o valor passa a ser mais atraente.

 

Topo