Carreira

Como a insegurança pode acabar com a carreira de um empresário

iStock

iStock

Existe um mito de que todos os empresário são duros, impetuosos e extremamente confiantes. É uma crença tão comum que até mesmo eles compram essa ideia. Fundadores de empresas acham que eles precisam ser como o personagem de Mark Zuckerberg em “A Rede Social” (2010) ou que devem recriar os surtos de Steve Jobs para serem levados a sério. Ensinam a eles que nunca podem mostrar que têm medo, que é essencial focar em suas “marcas pessoais” e que sempre precisam ser a pessoa mais inteligente da sala.

No entanto, todas essas crenças são falsas: a insegurança é muito mais comum na vida dessas pessoas do que se imagina. No fundo, todos querem provar algo e se importam com a imagem que passam para os outros. Essa característica é natural e influencia as ações de qualquer um. As consequências de tentar negar e esconder a insegurança são tomar decisões erradas e acabar com sua vida pessoal e profissional.

LEIA TAMBÉM: Faça o bem ao próximo: a única dica de liderança que você vai precisar

Criar um negócio é um dos desafios mais difíceis que uma pessoa pode ter. Há tanta pressão para ter sucesso que alguns empresários tomam decisões erradas e são desonestos. Entre pessoas que abrem seu próprio negócio há um medo constante de que se eles não exagerarem ou não manipulares a verdade, alguém o fará e eles serão deixados para trás. Mas, as pequenas mentiras se tornam grandes e, às vezes, eles nem percebem. O problema é que a verdade sempre aparece e a integridade do delas será muito afetada.

A insegurança também pode tornar uma pessoa orgulhosa e arrogante. Quando ela não tem certeza do que faz, foca sempre na autoafirmação. Essa característica se manifesta e, quando acontece, pequenas decisões erradas podem influenciar os negócios em longo prazo. Arrogância também leva empreendedores a não ouvirem pessoas ao seu redor, o que pode criar grandes problemas futuramente.

MAIS: O que bons líderes podem aprender com os heróis do cinema 

Não confiar em si mesmo resulta em inveja e isolamento. Quem não acredita em si mesmo se incomoda com o sucesso das pessoas ao redor e tem atitudes agressivas, como fazer comentários maldosos. Não conseguir deixar a insegurança isola empresários e os deixa longe de seus objetivos e de ser um líder de verdade. Quando percebem, estão sem companheiro de trabalho, amigos ou família é quase impossível que qualquer um consiga sucesso sozinho.

Todo mundo tem de lidar com insegurança em algum momento da vida e isso não é um problema. A questão é negar que ela existe. É preciso que pessoas de negócio quebrem a ideia de que precisam ser duros e se encaixar na caricatura de Steve Jobs para conseguirem o que querem. Atitudes assim destroem não só a carreira profissional, mas o caráter da pessoa.

Comentários
Topo