Carreira

8 maiores erros cometidos em entrevistas de emprego

Quando se trata da busca por um emprego, as entrevistas são uma parte importante do processo. Ser convocado significa que você se destacou em relação à maioria dos candidatos e que eles estão investindo tempo em você.

VEJA TAMBÉM: 5 passos que você deve tomar antes de aceitar um emprego

Impressionar na entrevista é fundamental. Ninguém quer ser dispensado a essa altura. No entanto, existem erros comuns que cada vez mais candidatos a emprego cometem e devem ser evitados ao máximo.

SAIBA MAIS: 7 erros de liderança que influenciam seus funcionários

Veja na galeria de fotos os maiores erros cometidos em entrevistas:

  • Não fazer sua lição de casa

    Graças à facilidade de pesquisa na Internet, você pode aprender muito sobre uma empresa e seus ideais – incluindo as pessoas que você pode encontrar durante sua entrevista. Se você não sabe nada sobre qualquer umas das pessoas que estão reunidas, você estará se colocando na lista de “não ligar de volta”. Pesquisar nomes no LinkedIn e ir atrás de mais informações no Google certamente melhorará seu desempenho e lhe trará segurança.

  • Não praticar seus pontos fracos

    Sua entrevista não precisa ter um desempenho impecável, mas deve ser suficientemente boa para transmitir confiança aos entrevistadores. Saiba as coisas que você não domina e pratique-as. Tem problemas para lembrar nomes ou não sabe responder perguntas como “Então me fale sobre você”? A prática é a chave para ganhar confiança, reduzir seu estresse e fazer seu melhor.

  • Não se preocupar com a aparência

    Entrevistadores devem se concentrar em suas realizações e capacidade, certo? Bem, eles podem se distrair com roupas amassadas ou inadequadas. Sua aparência em geral indica o quão sério você é e o quanto está preparado para o trabalho. Faça uma lista com os tópicos a conferir antes da entrevista para que nenhum imprevisto aconteça, se você seguir um plano, sua carreira pode decolar.

  • Não se lembrar de nomes

    Você entrará em contato com várias pessoas durante o processo da entrevista e se referir a alguém sem citar seu nome pode ter um impacto negativo. Existem diversas tecnologias e métodos comprovados para lembrar nomes, escolha o que for mais fácil para você e adicione ao seu conjunto de habilidades.

  • Não aperfeiçoar suas habilidades de contar histórias

    Saber números e estatísticas pode ser bom em entrevistas, mas histórias são memoráveis e realmente fazem a diferença. Se você quer ser lembrado por muito tempo após o fim da entrevista conte uma história. Em vez de dizer: “Eu salvei a empresa de US$ 50 mil através da construção de um aplicativo de dados em tempo real para os clientes”, fale, “Eu estava almoçando com um de nossos clientes, que me disse ‘Seria muito melhor se eu tivesse acesso imediato a seus níveis de estoques. Às vezes, demoro para falar com um de seus representantes de atendimento ao cliente e vocês acabam perdendo uma venda’. Então eu percebi que um aplicativo seria a maneira ideal para oferecer esse serviço para os clientes. Sugeri a ideia para nossa equipe de desenvolvimento interno de aplicativo, e em 2 meses, tivemos um protótipo. Agora que está em funcionamento estamos economizando e melhoramos o índice de satisfação de nossos clientes”.

  • Não dar um aperto de mão confiante

    O aperto de mão é um dos primeiros momentos de conexão entre você e o entrevistador. Parece básico, mas um aperto de mão que não demonstra firmeza pode passar a impressão errada.

  • Não escutar

    Claro, a entrevista é o lugar onde você pode compartilhar suas realizações e convencer os entrevistadores de que você é o candidato ideal. Mas ouvir é essencial e mostra que você reconhece quem está do outro lado da mesa. A melhor maneira de mostrar que você está ouvindo é acenar de forma adequada, repetir o que está sendo dito, e responder de maneira atraente, mas sem perder o foco no que está sendo solicitado.

  • Não fazer as perguntas certas

    Perguntas servem para duas coisas: te ajudam a compreender algo que é importante e mostram que você está curioso, pensativo e engajado. A maioria dos entrevistados faz perguntas pensando apenas na primeira função e costumam fazer perguntas como:”Que oportunidades você oferece para viajar ou realizar uma missão no exterior?” ou “Quais são as expectativas de crescimento?”, mas a segunda é mais importante e as perguntas a se fazer podem ser “Como a recente queda dos preços do petróleo pode ter impacto na competição deste mercado?” ou “A rápida adoção da mídia social fez com que vocês mudassem seus programas de treinamento?”. Use a pesquisa a seu favor e mostre por meio de suas perguntas que você está antenado com o que está acontecendo no mundo.

Não fazer sua lição de casa

Graças à facilidade de pesquisa na Internet, você pode aprender muito sobre uma empresa e seus ideais – incluindo as pessoas que você pode encontrar durante sua entrevista. Se você não sabe nada sobre qualquer umas das pessoas que estão reunidas, você estará se colocando na lista de “não ligar de volta”. Pesquisar nomes no LinkedIn e ir atrás de mais informações no Google certamente melhorará seu desempenho e lhe trará segurança.

Comentários
Topo