Carreira

Facebook e Microsoft vão pagar o mesmo para homens e mulheres

Reprodução/FORBES

Reprodução/FORBES

O Facebook anunciou ontem (12) ter alcançado plena igualdade de remuneração entre homens e mulheres de experiências e funções semelhantes. “Analisamos nossas práticas de compensação para assegurar igualdade de remuneração”, disse Lori Matloff Goler, vice-presidente da companhia. “É com orgulho que compartilho: no Facebook, homens e mulheres ganham o mesmo”.

O comunicado surgiu na véspera do Dia da Igualdade Salarial, um evento anual de sensibilização a disparidade de remuneração entre os sexos. A estatística citada por defensores da igualdade é que as mulheres ainda ganham cerca de US$ 0,78 para cada US$ 1 que os homens recebem.

SAIBA MAIS: 8 passos para montar uma boa equipe, equilibrada entre homens e mulheres

Na indústria da tecnologia, no entanto, apesar da baixa diversidade de sexos, a grande maioria das companhias afirma que, nas remunerações, não há disparidades. Além do Facebook, a Microsoft também revelou que já quase eliminou as diferenças salariais entre os seus funcionários de sexos diferentes e funções semelhantes. As mulheres funcionárias da Microsoft agora ganham US$ 0,98, enquanto os funcionários homens ganham US$ 1.

“Estes números refletem nosso compromisso com a igualdade de remuneração em um trabalho igual”, escreveu Kathleen Hogan, vice-presidente executivo de recursos humanos da Microsoft. “Nosso anuncio é o reflexo de mais um passo a frente no caminho da ampla diversidade e inclusão aqui dentro e na sociedade como um todo”.

VEJA TAMBÉM: 30 atitudes que consomem seu tempo e drenam sua energia

No início deste ano, a Intel também foi uma das que revelou ter alcançado a igualdade de remuneração entre homens e mulheres em 2015, a primeira vez que analisaram tal métrica. “Foi uma feliz e emocionante surpresa”, disse Danielle Brown, gerente oficial de diversidade e inclusão da Intel, à Mashable.

Sobre o mesmo assunto, o CEO da Apple, Tim Cook, informou seus acionistas que, nos Estados Unidos, os funcionários do sexo feminino ganharam US$ 0,96 para cada US$ 1 ganho por seus colegas do sexo masculino. E esta é uma estatística que brilha nas empresas de tecnologia. Principalmente nas que, publicamente, mostram melhorar seus números de diversidade interna.

E MAIS: Startup indiana chega ao Brasil e quer todos os médicos do país cadastrados

Mais de dois terços dos funcionários do Facebook (68%), por exemplo, são homens, de acordo com o relatório de diversidade mais recente lançado pela companhia. Este dado revela que ainda ocorre um problema, mesmo que a empresa se orgulhe de contar com os outros 32% de funcionários do sexo feminino, que contam com a igualdade de remuneração.

Comentários
Topo