Carreira

Novo estudo diz que estresse está ligado à má alimentação

iStock

Alimentação (iStock)

A má alimentação pode estar associada a níveis de estresse. De acordo com um estudo da Universidade de Ohio, nos Estados Unidos, em dias ruins, nosso organismo reconhece a comida saudável como algo que poderia fazer mal à saúde.

O estudo, publicado no periódico “Molecular Psychiatry”, analisou os hábitos alimentares de mulheres acima do 40 anos durante um mês. Neste período, os pesquisadores ofereceram dois tipos de café da manhã, ambos com ovos, salsicha e biscoitos. Enquanto um era feito à base de óleos, açúcar e gorduras saturadas, o outro continha ingredientes mais saudáveis, com gorduras insaturadas. Todos os dias, elas escolhiam qual refeição gostariam de ter.

VEJA MAIS: Por que cada vez mais pessoas preferem trabalhar de casa

Os cientistas observaram que, quando submetidas a doses de estresse, como cuidar de crianças ou trabalhar fora de casa, as mulheres que optaram pela refeição com gorduras insaturadas, a mais saudável, tiveram resultados muito parecidos aos das mulheres que optaram pelos alimentos com gordura saturada.

E AINDA: 5 maneiras de se acalmar em um trabalho estressante

A conclusão, segundo o estudo, é que, quando sob estado de estresse, nosso corpo processa alimentos saudáveis e não saudáveis da mesma maneira.

Os autores ressaltam, no entanto, que ambas as refeições continham alimentos pesados e que o próximo passo é analisar como o organismo se comporta em relação a gorduras saturadas em peixes e carnes brancas.

Comentários
Topo