Carreira

5 coisas que você nunca deve falar para o seu novo chefe

Todo funcionário, quando chega em um ambiente novo, é imediatamente bombardeado com olhares, sons e energia que podem, facilmente, desestabilizar qualquer pessoa. Portanto, quando alguém está começando, precisa, em primeiro lugar, de um tempo para se ajustar fisicamente. Além disso, é necessário conhecer os novos colegas, a nova equipe, os outros funcionários da companhia e ainda obter noções básicas sobre o seu papel.

Para que esse processo ocorra da melhor maneira possível, é importante dar um tempo para o seu novo chefe. Também é essencial pensar no sucesso dele e nos seus sentimentos. Um bom modo de oferecer apoio é se apresentar com seu nome e posição, e depois dizer: “Eu estou aqui há um tempo, estou muito animado com a sua chegada e ficarei feliz em responder as suas perguntas”. Isso é algo muito bom de ouvir, especialmente se ele está em uma situação desconfortável ou no meio de um turbilhão.

LEIA MAIS: 8 hábitos para você ganhar produtividade

Deixe que seu gerente se aproxime de você para saber mais sobre o seu papel, o departamento e seus desafios, e também para obter outras informações importantes e conhecimentos que você adquiriu com o passar do tempo e com a sua experiência na empresa.

É muito importante promover um ambiente confortável e amigável para o seu novo chefe, pois isso pode ajudar em todo o funcionamento da equipe e da companhia. Por isso, evite falar coisas que são desnecessárias e indelicadas.

Veja na galeria de fotos cinco coisas que você nunca deve falar para o seu novo chefe:

  • “Apenas para que você saiba: nem todos no departamento realizam a mesma quantidade de tarefas. Alguns de nós fazem todo o trabalho, enquanto o resto não se esforça muito.”

  • 3. Sistemas de feedback 360 graus. Verdadeiros líderes não permitem que seus funcionários avaliem uns aos outros. Esta é uma maneira de acabar com a confiança na equipe.

  • “Agora que você está aqui, você pode por favor pedir para me trocarem de lugar, como como aquele ali perto da janela? Eu fiquei esperando por cinco meses para o diretor achar um novo gerente, então se você conseguir fazer disso uma prioridade eu ficaria muito grato.”

  • 2. Avaliações anuais de performance. Planejar reuniões é ótimo, mas qual é o propósito de revisar um ano todo de trabalho para apontar erros, ou pior, entregar um “boletim” como uma criança na escola? As avaliações de desempenho são irrelevantes e insultantes. Companhias inteligentes estão abandonando o método.

  • 4. Meu trabalho ajuda a companhia a gerar muita receita e a economizar muito dinheiro (Foi pra isso mesmo que o seu cargo foi criado).

“Apenas para que você saiba: nem todos no departamento realizam a mesma quantidade de tarefas. Alguns de nós fazem todo o trabalho, enquanto o resto não se esforça muito.”

Comentários
Topo