Carreira

10 dicas para avançar na carreira

Muita gente se questiona sobre como dar o próximo passo na carreira e faz sentido que profissionais engajados e ambiciosos queiram saber como melhorar. Entretanto, as pessoas possuem diferentes pontos fortes e fracos, então o melhor conselho para alcançar um novo nível é sempre adaptar um plano para você. Considerando isso, existe um processo generalizado que pode ser adotado por quase todos que procuram evoluir em suas carreiras.

LEIA TAMBÉM: 10 melhores países para impulsionar sua carreira

Veja, a seguir, 10 passos para alcançar o próximo nível na sua trajetória profissional:

  • 1. Decida como você vai decidir

    Em primeiro lugar, defina claramente o que dar seu “próximo passo” significa – ou seja, como você vai decidir se uma oportunidade é o próximo passo correto para você? Por exemplo: uma executiva de marketing de sucesso quer ser CMO (Chief Marketing Officer) e sua carreira está progredindo. Entretanto, no caso do seu segmento – moda e varejo – ela precisaria de uma visibilidade internacional, ou seja, trabalhar no exterior ou, pelo menos, ter uma responsabilidade regional que inclua áreas internacionais. Considerando onde ela está na carreira, seu próximo passo deveria ser priorizar esta necessidade. Para outro profissional do marketing que já tem essa visibilidade, o próximo passo deveria ser focar na gestão de uma equipe maior ou conseguir uma experiência multifuncional em um cargo financeiro ou operacional. Se questione sobre o que você precisa priorizar para exercer o seu próximo papel.

  • 2. Mantenha grandes passos em segredo

    Conforme você pensa sobre suas potenciais ações, mantenha seus planos para si mesmo. Seu chefe pode te apoiar e fazer apresentações ou ajudá-lo a preencher gaps de competências ou de conhecimentos. Ou, talvez, ele se preocupe com o fato de você estar deixando a empresa e, por isso, não ofereça apoio. A menos que você esteja 100% certo de como ele reagirá, procure a ajuda de um mentor ou um coach, em vez de alguém que trabalhe com você diretamente. Confie em amigos que te encorajam. Não divida seus planos de crescimento com amigos que são “advogados do diabo” – eles podem ser úteis depois, quando seus planos estiverem mais desenvolvidos e você precisar da honestidade brutal deles. Mas, no começo, mantenha grandes passos em segredo e divida apenas com conselheiros de confiança. Falar com outras pessoas pode ser uma boa maneira de conseguir ideias, mas, às vezes, você quer fazer coisas que são contra-intuitivas para alcançar seus objetivos.

  • 3. Administre um pre-mortem

    No livro de gestão “Scaling Up Excellence”, Bob Sutton e Huggy Rao, professores da Universidade de Stanford, falam sobre usar um pre-mortem para identificar como projetos podem ir melhor ou pior do que o esperado. Em um exercício de pre-mortem, você assume que um projeto (neste caso, seu próximo passo na carreira) é extremamente bem-sucedido. Na sequência, faça um brainstorm sobre todas as condições (pessoas que ajudam, habilidades em que você se apoia) que poderiam tornar isto possível. Também é recomendado que se faça um pre-mortem ao contrário, ou seja, supondo que o projeto falhou e procurando identificar por que isso aconteceu. Ao colocar este tipo de ação em prática no caso da conquista do próximo cargo, é possível antecipar o que será preciso para organizar a maneira de conseguir os recursos necessários e atenuar riscos.

  • 4. Comece antes de começar

    Mesmo antes de alcançar este próximo nível na carreira – onde você administra uma equipe ou assume responsabilidades financeiras – é possível fazer algo parecido agora, no cargo em que está. Procure por oportunidades de trabalho em projetos multifuncionais sem deixar sua posição atual. Se voluntarie para um grupo de afinidade e administre um projeto ou orçamento para ele. Faça uma aula em alguma habilidade que você ainda não tem. Junte-se também a uma associação profissional na área de especialização que você quer aprender. Você não precisa estar formalmente em um cargo antes de assumir responsabilidades pertinentes a ele. Na verdade, ao começar antes de começar você constrói um histórico de habilidades e resultados que farão de você um profissional atraente para o próximo nível.

  • 5. Verifique sua presença executiva

    Certifique-se de que você pode interagir com níveis seniores. Confira sua presença executiva para identificar e resolver lacunas.

  • 6. Confira seu potencial executivo

    Assim como no caso anterior, é preciso identificar e focar em lacunas do seu potencial executivo. Seu trabalho deve impactar o resultado. Suas responsabilidades devem estar focadas em iniciativas que a gestão atual prioriza. Tenha uma visão que engaje e motive pessoas. Você deve ser alguém em quem outros executivos confiam e com quem queiram trabalhar.

  • 7. Identifique patrocinadores em potencial

    Já que você precisa do apoio de outros executivos, é preciso ter uma relação de suporte que possa te impulsionar a um próximo nível. Um financiador é alguém que vai te defender por sua própria conta e ajudá-lo a aumentar a sua visibilidade e as oportunidades. Quando você identificar qual o próximo passo, identifique também as pessoas que podem ajudá-lo a chegar lá – são pessoas responsáveis pelas decisões relacionadas a contratações e promoções nas áreas e cargos nos quais você está interessado.

  • 8. Consiga uma apresentação (ou faça isso você mesmo)

    A melhor maneira de encontrar o seu potencial financiador é conseguir que alguém o apresente. Entretanto, se você não conhece ninguém bem o suficiente para te apresentar a ele, esteja preparado para você mesmo fazer isso. Aprenda mais sobre as pessoas que você procura conhecer e faça contato baseado em algo que as interesse. Por exemplo: se eles falaram da gestão de uma empresa ou foram citados na mídia recentemente, reconheça o que eles disseram especificamente, compartilhe uma ideia para mostrar que você está escutando e tenha algo inteligente para acrescentar.

  • 9. Mantenha-se atento para expandir os relacionamentos

    Uma apresentação não vai ser suficiente para fazer de um estranho alguém disposto a o ajudar. Você precisa fazer um follow up ao longo do tempo e expandir suas relações. Compartilhe atualizações de resultados: se suas interações iniciais incluem dividir ideias, deixe a pessoa saber o que você fez com o que eles falaram.
    Faça uma recomendação: se as suas relações iniciais revelarem que a pessoa tem um interesse em particular, compartilhe um artigo ou um recurso relacionado ao tema. Resolva um problema de trabalho: você deveria estar seguindo a área de especialização desta pessoa, pois você quer trabalhar lá. Então, conforme você tem ideias, isso pode ajudar os problemas dela.

  • 10. Faça sua pergunta

    Não parta do pressuposto de que as pessoas sabem o que você planeja fazer com a sua carreira ou no que você está interessado em relação a uma determinada oportunidade, área ou cargo. Você precisa pedir ajuda se precisar. No caso de patrocinadores que estão dispostos e aptos a te ajudar, seja específico sobre o que pode efetivamente fazer a diferença. Se você já está sendo entrevistado para o novo cargo, por exemplo, peça referências. Se ainda não foi, talvez você precise de uma apresentação. No caso de pessoas que ajudam, mas talvez não estejam em posição para defendê-lo para uma vaga, descubra de que outra forma elas podem ser úteis. Você não sabe quem ou o que as pessoas conhecem – pense em pedidos pequenos, como informações sobre um grupo ou uma pessoa ou mesmo uma tendência que possa te ajudar a se tornar um candidato mais competitivo. Já no caso de pessoas que possam financiá-lo, mas com quem você ainda não desenvolveu uma relação tão próxima, continue com este foco em mente.

    Alcançar o próximo e – certeiro – passo na carreira depende de onde você está partindo, então o melhor plano é sempre algo individualizado. Entretanto, ao seguir estes 10 passos, você terá uma estratégia geral que pode personalizar, com base no ponto onde você está e o que precisa.

1. Decida como você vai decidir

Em primeiro lugar, defina claramente o que dar seu “próximo passo” significa – ou seja, como você vai decidir se uma oportunidade é o próximo passo correto para você? Por exemplo: uma executiva de marketing de sucesso quer ser CMO (Chief Marketing Officer) e sua carreira está progredindo. Entretanto, no caso do seu segmento – moda e varejo – ela precisaria de uma visibilidade internacional, ou seja, trabalhar no exterior ou, pelo menos, ter uma responsabilidade regional que inclua áreas internacionais. Considerando onde ela está na carreira, seu próximo passo deveria ser priorizar esta necessidade. Para outro profissional do marketing que já tem essa visibilidade, o próximo passo deveria ser focar na gestão de uma equipe maior ou conseguir uma experiência multifuncional em um cargo financeiro ou operacional. Se questione sobre o que você precisa priorizar para exercer o seu próximo papel.

Comentários
Topo