Carreira

5 dicas cruciais para quem deseja mudar de carreira

Na época da escola, você deve ter imaginado que sua trajetória profissional seguiria um certo padrão: você escolheria um campo para trabalhar e continuaria nele, evoluindo até se aposentar. Talvez você tenha assistido a seus pais e avós seguirem esse mesmo caminho ou lido sobre algo parecido em obras que ofereciam conselhos sobre carreira de escritores do passado.

LEIA TAMBÉM: 5 dicas para transformar sua paixão em uma carreira bem-sucedida

Mas a verdade é que as gerações mais novas não estão passando duas ou três décadas em um único emprego ou em uma mesma área de atuação. Em vez disso, a média de tempo gasto em cada lugar foi drasticamente reduzida para três anos e as pessoas estão fazendo mais mudanças em suas carreiras do que em seus empregos.

É desnecessário dizer que mudanças na carreira são ideais para aqueles que não estão prontos para se firmarem em um cargo ou não têm certeza do que querem fazer. Ainda assim, a ideia de investir em uma coisa totalmente diferente pode ser assustadora.

Veja 5 dicas para garantir que você faça uma transição profissional tranquila:

  • 1. Saiba (ou descubra) o que você quer

    Essa dica, frequentemente, entra na categoria das coisas mais fáceis de dizer do que de fazer. Se você soubesse o que queria, por que estaria mudando de carreira? Mas lembre-se: você não precisa esperar 10 anos para descobrir.

    Leve em conta seus interesses e se pergunte em quais atividades você se envolveria se não precisasse trabalhar. Considere fazer um teste de personalidade ou aptidão para despertar novas ideias e fazê-lo refletir sobre o campo em que gostaria de atuar.

    Posteriormente, escreva os prós e contras do seu trabalho atual. Que aspectos dele você considera satisfatórios e gostaria de levar consigo no próximo trabalho? O que você acha que impede sua produtividade e felicidade? Tenha isso em mente enquanto explora novas oportunidades de emprego.

  • 2. Reconheça suas habilidades

    Desviar dos caminhos da sua carreira não significa que você esteja jogando fora tudo o que sabe e começando do zero. Na verdade, essa é uma oportunidade de aplicar os pontos fortes que você têm refinado para um campo novo e mais satisfatório. A questão é ser claro na habilidade que você quer utilizar e na indústria da qual você quer fazer parte.

    Avalie quais habilidades seriam transferíveis para uma nova área e comece a pesquisar empregos que necessitem delas. Isso dará a você uma perspectiva realista sobre as oportunidades disponíveis.

    A partir daí, você pode fazer uma lista de empresas que oferecem trabalhos que aprimoram a habilidade que você deseja colocar em prática.

  • 3. Estude

    Você terá, obviamente, de aprender algumas coisas novas em seu próximo emprego, então vá em frente e faça uma pesquisa. Dependendo do campo que está sendo levado em consideração, talvez seja necessário adquirir, por exemplo, conhecimento sobre um novo software, investir em um vocabulário mais adequado ou fortalecer suas habilidades de comunicação.

    Depois disso, comece a estudar. Faça algumas aulas ou leia livros específicos sobre o assunto. Dessa maneira, você conseguirá, com confiança, ostentar seu conjunto de habilidades para seus potenciais novos chefes. Uma grande vantagem é que você pode agregar essas novas capacitações ou cursos no seu currículo.

  • 4. Não tenha medo de testar

    Talvez você tenha se divertido com a ideia de um certo cargo, mas não está tão confiante se essa transição é realmente a atitude correta. Primeiramente, tente incorporar certos aspectos da posição desejada em seu trabalho atual ou teste-os em seu tempo livre.

    Se você considera um determinado cargo que exigiria, por exemplo, mais escrita, tome a iniciativa e se ofereça para escrever alguns artigos para o site da sua empresa atual. Se a posição demandar que você saiba coordenar, se voluntarie para planejar festas com amigos e familiares.

  • 5. Seja realista

    Lembre-se que mudar sua carreira não é a mesma coisa que mudar de cargo, embora a primeira opção possa significar, também, o aumento do salário e de responsabilidades. Mas é importante saber que você pode não ganhar salários mais altos ou receber mais benefícios do que seu trabalho atual em um primeiro momento.

    O que você está conseguindo são novas experiências, responsabilidades, habilidades e conexões. Tenha isso em mente ao mudar para uma nova e satisfatória carreira.

1. Saiba (ou descubra) o que você quer

Essa dica, frequentemente, entra na categoria das coisas mais fáceis de dizer do que de fazer. Se você soubesse o que queria, por que estaria mudando de carreira? Mas lembre-se: você não precisa esperar 10 anos para descobrir.

Leve em conta seus interesses e se pergunte em quais atividades você se envolveria se não precisasse trabalhar. Considere fazer um teste de personalidade ou aptidão para despertar novas ideias e fazê-lo refletir sobre o campo em que gostaria de atuar.

Posteriormente, escreva os prós e contras do seu trabalho atual. Que aspectos dele você considera satisfatórios e gostaria de levar consigo no próximo trabalho? O que você acha que impede sua produtividade e felicidade? Tenha isso em mente enquanto explora novas oportunidades de emprego.

Comentários
Topo