Carreira

Como identificar um funcionário que não deveria estar na empresa

Ao falar sobre liderança, David Novak, o ex-CEO de uma das maiores empresas de restaurante do mundo, compartilhou um conselho que pode parecer inusitado: “Eu vou contar a vocês o segredo para uma ótima liderança”, disse. “É nunca ter um determinado tipo de pessoa trabalhando para a sua empresa.”

VEJA TAMBÉM: 3 capacidades que todo líder deve ter

No início, um comentário como este pode ser um pouco inquietante – especialmente vindo de alguém com as credenciais de Novak. A Yum! Brands, Inc., empresa que o executivo comandava, tem mais de 43 mil restaurantes em cerca de 130 países e territórios – como Taco Bell, Pizza Hut e KFC.

Como líder, Novak foi considerado o “CEO do Ano” em 2012 pela revista “Chief Executive”, um dos “30 melhores CEOs do mundo” pela “Barron’s” e um dos “100 CEOs do mundo com melhor performance” pela “Harvard Business Review”. Ele é um especialista mundialmente famoso por suas capacidade de reconhecimento, fundador da oGoLead, plataforma digital criada para ajudar a construir líderes fortes, e autor de dois livros best-sellers.

“Algumas pessoas nunca deveriam ter sido contratadas pela sua empresa”, diz. “No meu caso, era um homem chamado Bob”.

A reação inicial a esta afirmação pode ser de choque. Afinal, funcionários, recrutadores e gestores lutam para encontrar as melhores pessoas, desenvolver os melhores times e evitar erros no momento da contratação.

“Mas é sua culpa se você tem gente como o Bob. E não dele”, explica o executivo. E continua: “Eu estava trabalhando em operações para a PepsiCo. Fazia mesas redondas com equipes em várias plantas. Meu trabalho era falar com as linhas de frente. Então, um dia eu estava em St. Louis conversando sobre merchandising. Eu perguntei ao time o que ele estava vendo e aprendendo. Todos começaram a delirar falando de um homem chamado Bob. Uma pessoa mencionou que Bob os ensinou mais em quatro horas do que eles aprenderam em quatro anos. Outro descreveu como Bob mostrou a eles tudo o que eles sabiam sobre um bom atendimento ao cliente. Todos estavam encantados com Bob.”

LEIA: 10 motivos para demitir seu novo funcionário no primeiro dia de trabalho

Ainda assim, Novak afirma que Bob não é alguém que você quer ter em sua empresa. “Como todo mundo estava compartilhando sua história favorita sobre Bob, eu olhei para a ponta da mesa. Lá estava Bob, chorando. Eu perguntei o porquê, e foi aí que eu percebi que eu nunca queria que alguém como Bob trabalhasse para mim de novo.”

Aparentemente, em meio a lágrimas, Bob respondeu à pergunta de David. “Bob me disse que ele trabalhava para a empresa há 47 anos e, durante aquela reunião, foi a primeira vez que ele soube como seus colegas se sentiam em relação a ele. Foi a primeira vez que ele se sentiu valorizado. Então não, eu não quero que alguém como Bob se sinta dessa maneira de novo. Foi aí que eu percebi que nós precisávamos focar de verdade no poder do reconhecimento. Isso me fez pensar que não importava o que eu fizesse e aonde eu fosse, em qualquer empresa ou time que eu liderasse o reconhecimento estaria no topo de nossos valores. Ninguém deveria se sentir como Bob.”

Desde aquele dia, David Novak fez do reconhecimento um ponto focal de sua liderança. “Percebi que você não pode fazer nada sozinho”, disse. “E aprendi a construir e apoiar equipes fortes. Entendi que o reconhecimento é um dos grandes responsáveis pelo fato de alguns times serem tão bem-sucedidos e outros não.”

Veja, na galeria de fotos, 3 ocasiões para demonstrar a seus funcionários que você os valoriza:

  • Quando alguém der o melhor de si

    O trabalho que fazemos nem sempre cria os resultados que esperamos alcançar. Entretanto, quando os funcionários estão dando a você seu esforço e energia, eles merecem ser reconhecidos.

  • Quando alguém conquista um objetivo

    Os resultados vêm em todos os formatos e tamanhos. E, grandes ou pequenos, esses resultados merecem ser recompensados. Então, observe funcionários que estejam atingindo seus objetivos – diários, mensais ou até de longo prazo – e recompense-os com algo que mostre a sua gratidão por suas conquistas.

  • Quando alguém celebra um marco

    As pessoas comprometem uma grande parte de suas vidas com a empresa em que trabalham. Então, cada marco que elas celebram é também uma comemoração da sua conexão com o time e com a empresa. Comemore os marcos das pessoas com elas. Mostre-as o quanto você valoriza o seu comprometimento.

    Sim, é verdade, há pessoas que você não quer que trabalhem em sua empresa – como aqueles que se sentem desvalorizados e não reconhecidos – porque não há nada pior do que sentir que seu trabalho não importa.

Quando alguém der o melhor de si

O trabalho que fazemos nem sempre cria os resultados que esperamos alcançar. Entretanto, quando os funcionários estão dando a você seu esforço e energia, eles merecem ser reconhecidos.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil (copyright@forbes.com.br).

Comentários
Topo