15 dicas para ser mais prestativo

Ajudar as pessoas é uma atitude positiva em diferentes níveis. Você não só ganha a satisfação de auxiliar alguém que precisa, mas pode se beneficiar com uma maior atribuição de propósito em sua vida.

VEJA TAMBÉM: 15 passos para aumentar seu carisma

Segundo um relatório da empresa de serviços e consultoria Deloitte, 74% das pessoas que são voluntárias se sentem dessa forma, além de constatarem uma melhoria na sensação de bem-estar. Tornar-se uma pessoa mais prestativa também provou aumentar a expectativa de vida e a trazer realização no trabalho.

O FORBES Coaches Council, grupo formado por grandes empreendedores e coaches especializados em carreira, elaborou uma lista com estratégias fáceis para ser uma pessoa útil. Veja, na galeria de fotos a seguir, 15 dicas para se tornar mais prestativo:

  • 1) Não leve as coisas para o lado pessoal

    Aprender a não levar as coisas para o lado pessoal fornece uma certa habilidade para compreender os outros melhor. A pessoa pode estar passando por alguns problemas, por isso, o que ela diz ou faz não está, necessariamente, ligada a você. Ao se ofender, você cria uma história e julgamento sobre ela que vão te impedirão de enxergar a verdadeira situação. – Raul Villacis, The Next Level Experience

  • 2) Mantenha um diário

    Escrever é uma excelente forma de desenvolver novos hábitos em vários aspectos da vida. Tente manter um diário dedicado a ser uma pessoa mais prestativa, semelhante a uma espécie de diário da gratidão. Nele, anote as ações que você observa nos outros e novas ideias para ser mais útil. Estabeleça como objetivo oferecer ajuda não solicitada e rastreie o seu progresso. – Jill Hauwiller, Leadership Refinery

  • 3) Seja uma influência positiva

    É fácil ignorar como suas atitudes afetam os outros, mas ser uma pessoa positiva e acessível pode ajudá-lo de uma forma que você nunca imaginou. Foque em ser uma influência positiva no escritório e, rapidamente, perceberá como as pessoas vão se aproximar, participando mais e procurando sua liderança em momentos inesperados. Ajudar os outros nem sempre requer um ato físico. – Jeanna McGinnis, ReResumeMe®

  • 4) Foque nos outros

    O profissionalismo gratificante está relacionado a olhar ao redor e ver quem precisa de ajuda. Quando focamos nas pessoas e detectamos uma necessidade, podemos intervir e auxiliar alguém a obter sucesso, o que, como consequência, trará sucesso para toda a equipe. Deixe o celular de lado e converse com os seus colegas, estabeleça uma conexão verdadeira. Apenas cinco minutos são suficientes para descobrir se eles precisam de ajuda. – Melinda Fouts, Ph.D., Success Starts With You

  • 5) Aja de forma intencional

    Às vezes, queremos separar os hábitos pessoais dos profissionais, mas eles se influenciam. Portanto, aja de forma intencional sobre perguntar aos outros como que você pode ajudá-los de forma consistente. E então coloque em prática. Quanto mais você foca em servir outras pessoas, mais você sai do próprio caminho. – Christopher Williams, High Level Wisdom for New Generation Leaders

  • 6) Agende lembretes

    Um hábito fácil para se tornar uma pessoa mais prestativa é prestar atenção nos outros. Pense em, pelo menos, uma pessoa por dia a quem você é grato por ter na sua vida. Escreva uma meta diária para ajudar alguém. Anotações diárias sobre o tema gera comprometimento, ação e cria um hábito. A maioria de nós precisa mais de lembretes do que instrução, então agende bilhetes diários. – Laurie Sudbrink, Unlimited Coaching Solutions, Inc.

  • 7) Peça a seus colegas um feedback honesto

    Pedir um feedback para seus chefes, colegas e clientes não só vai ajudar você a ser uma pessoa mais prestativa, mas também dirá como melhorar sua performance. Faça isso quinzenalmente ou ao fim de cada projeto. Duas simples questões são a chave: “Qual foi a coisa mais útil que fiz durante nosso trabalho?” e “O que você sugere que eu melhore da próxima vez?”. – Loren Margolis, Training & Leadership Success LLC

  • 8) Pergunte a si mesmo quem você está se tornando

    Ao longo do dia, enquanto toma decisões, pergunte a si mesmo: “Quem estou me tornando?”. Assim, quando você souber quem quer ser, comece a fazer as coisas de acordo com essa futura pessoa. Faça essa pergunta frequentemente e, se as suas ações não o ajudarem a se tornar uma pessoa mais prestativa, não as faça. – Dawn Ali, Happy Rich Great Body

  • 9) Pare de dizer “mas”

    A palavra “mas”, quase sempre, termina com a comunicação. Para ser uma pessoa mais útil, encontre formas de dizer “sim, e” em vez de “mas”. Se alguém tiver uma ideia, afirme sua crença e elogie a ideia. Ao dizer “mas”, você não apenas a descarta, mas também eleva sua própria opção e declaração acima das dos outros. – Jennifer Oleniczak Brown, The Engaging Educator

  • 10) Aguarde a resposta quando fizer uma pergunta

    A principal coisa que fica entre ser uma pessoa útil e prejudicial é a presença e o interesse fornecidos como apoio. Ignorar ou deixar uma pessoa de lado enquanto você a ajuda leva ao ressentimento, desconfiança e distanciamento. Ser uma pessoa prestativa significa escutar com os dois ouvidos, dois olhos e uma postura engajada. Quando uma pessoa se sente compreendida, ela também se sente apreciada e ajudada. – Laura DeCarlo, Career Directors International

  • 11) Doe seu tempo

    A melhor forma de demonstrar sua disposição a ajudar é doar o seu tempo, pois é algo precioso que não se consegue recuperar. Fornecer nosso tempo para os outros sem esperar algo em troca é um sinal claro de que os valorizamos. Essa dedicação, que mostra o quanto você se importa, é um dos melhores coisas que você pode dar. – Erin Urban, UPPSolutions, LLC

  • 12) Pratique empatia

    A forma mais fácil de se tornar prestativo para os outros é começar entendendo a situação daqueles que estão à sua volta. Muitas vezes, nos concentramos tanto no que devemos fazer, que não passamos tempo suficiente tentando descobrir como os outros estão se sentindo. Uma vez que fizermos isso, será mais fácil tornar-se útil. – Donald Hatter, Donald Hatter Inc.

  • 13) Construa relacionamentos interpessoais

    Desenvolver relacionamentos interpessoais com seus colegas ajudará a estabelecer confiança e abertura, tornando-os mais aptos para pedir ajuda. Por isso, passe algum tempo com eles diariamente para conhecê-los, fazendo perguntas abertas que darão uma boa ideia de seus objetivos imediatos e de longo prazo. Você provavelmente aprenderá várias maneiras de ser um recurso. – Laura Berger, Grupo Berdeo

  • 14) Encontre seu propósito

    Nenhum de nós está aqui por engano. Nós nascemos nessa época por uma razão, estamos aqui com um propósito. Separe um momento todas as manhãs para se perguntar: “Estou vivendo por um motivo?”. Você está fazendo o possível para tornar a sua vida e seus relacionamentos significativos? Isso não é um ensaio, temos apenas uma vida, então viva sabendo que você está aqui com um propósito. – MJ Impastato, H2H Systems

  • 15) Seja um ouvinte ativo

    Quando estamos dispostos a ouvir de verdade, não só a conversa muda, como nos ajuda a compreender algumas das coisas que não estão sendo ditas. Muitas vezes nos preocupamos em colocar nossa própria visão no assunto, mas ganhamos muito mais ao apenas escutar o que a pessoa tem a dizer. Isso também fortalece o relacionamento, pois as pessoas apreciam o reconhecimento e se sentem melhor compreendidas. – Gina Gomez, Gina Gomez, Business & Life Coach

1) Não leve as coisas para o lado pessoal

Aprender a não levar as coisas para o lado pessoal fornece uma certa habilidade para compreender os outros melhor. A pessoa pode estar passando por alguns problemas, por isso, o que ela diz ou faz não está, necessariamente, ligada a você. Ao se ofender, você cria uma história e julgamento sobre ela que vão te impedirão de enxergar a verdadeira situação. – Raul Villacis, The Next Level Experience

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil (copyright@forbes.com.br).

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil (copyright@forbes.com.br).