Carreira

Como ser bem-sucedido quando seu chefe o odeia

iStock

Sinais de uma atitude negativa do gestor em relação ao funcionário podem ser percebidos em reuniões de equipe, caso, por exemplo, o trabalhador se sinta menosprezado ao falar qualquer coisa. (iStock)

Não é rara a situação em que há um trabalho ótimo, ou até mesmo ideal, exceto pelo relacionamento com o chefe. Muitas vezes, um supervisor não gosta de algum de seus funcionários e não faz nenhum grande esforço para esconder seu sentimento.

VEJA TAMBÉM: 12 perguntas para fazer ao chefe durante o ano todo

Em alguns desses casos, pode ocorrer de o gestor ter um comportamento hostil. Em outros, porém, a atitude do chefe pode ser simplesmente de indiferença, o que varia desde nunca dizer “obrigado” ou “tenha um bom final de semana” até não fazer nenhuma pergunta sobre o trabalho ou o desempenho do funcionário.

Sinais dessa atitude negativa do gestor em relação ao funcionário também podem ser percebidos em reuniões de equipe, caso, por exemplo, o trabalhador se sinta menosprezado ao falar qualquer coisa.

Em meio a esse cenário, por vezes, torna-se muito difícil imaginar como é possível ser bem-sucedido no trabalho quando o chefe o odeia.

Um ponto importante a ser considerado é que você muito provavelmente não irá se aposentar nesse emprego. Você deixará a vaga, a questão é apenas quando. Além disso, é importante pensar sobre o que você irá levar consigo quando sair que já não tinha quando chegou.

LEIA: 8 sinais de que seu colega sofre da síndrome de Procusto

Pense que o seu trabalho é um videogame

Uma boa ideia é pensar em qualquer emprego como uma fase em um videogame. A cada novo nível, há algo importante para aprender e algo valioso para encontrar e agarrar. Reflita sobre o que você tenta “agarrar” em seu cargo atual.

Se a atitude de seu chefe em relação a você já tornou difícil ou é impossível aprender e crescer, então, a hora de você sair é agora.

Não há motivos para permanecer em um emprego quando você não aprende nada novo. Se ainda houver algo para você “agarrar” nessa fase do videogame, faça um plano para alcançar a meta. Talvez seja um gadget que você nunca utilizou antes. Talvez você possa se envolver em um projeto que dará um conteúdo novo e valioso para o seu currículo.

Mesmo quando você trabalha para um gerente que o adora, é preciso focar em sua carreira a longo prazo tanto quanto em seu trabalho no dia a dia do emprego. Quando o seu chefe é um impedimento ao seu progresso, você tem ainda mais motivos para procurar novos desafios.

E MAIS: 6 dicas para causar uma boa primeira impressão

Não é a missão de um funcionário mudar a opinião de um superior sobre ele. Seu trabalho é “agarrar o prêmio” que essa fase do videogame oferece e, então, seguir para o próximo passo.

Comentários
Topo