7 dicas para otimizar seu perfil no LinkedIn

Muita gente acha que é especialista em LinkedIn. Com a difusão de textos sobre o assunto, não é raro encontrarmos atualmente perfis com fotos profissionais, seções de experiências elegantemente delineadas e até mesmo algumas recomendações. Talvez você até tenha um currículo bem escrito e um número de atividades extras curriculares destacadas.

VEJA TAMBÉM: 7 coisas que você deve fazer no LinkedIn ao fim de cada ano

Ter um perfil bem construído pode potencializar suas chances de conseguir boas conexões ou o emprego dos sonhos.

Veja, na galeria de fotos, 7 dicas de especialistas para otimizar seu perfil no LinkedIn:

  • Acesse regularmente

    Não deixe sua linda foto de perfil ficar lá apenas de enfeite. Se você pretende utilizar sua presença online para o bem da sua carreira, há muitas coisas que você deveria estar fazendo diária, semanal e mensalmente. Curtir e postar são duas delas.

  • Publique artigos

    Você pode não ser um escritor profissional, mas abastecer o LinkedIn, mesmo que com posts curtos no estilo de blog, é uma ótima oportunidade para ser visto como um líder na sua área. Você pode mostrar seu conhecimento sobre práticas de contratação, métodos de vendas ou campanhas de marketing – e qualquer um que olhe o seu perfil saberá, instantaneamente, que você sabe do que está falando.

  • Adicione recursos de mídia ao seu perfil

    Há chances de ninguém estar realmente “lendo” o seu perfil – a maioria das pessoas apenas “passa o olho”. Adicionar alguns recursos aumenta as chances de prendê-las em sua página, seja um link para um post que você escreveu em um blog, seja uma apresentação de PowerPoint que você fez para um grande cliente ou um vídeo em que você aparece falando em um evento. Além disso, ter exemplos da vida real do seu trabalho impulsiona sua credibilidade.

  • Siga pessoas que estão em lugares onde você gostaria de estar

    Pode ser muito difícil se conectar com Sheryl Sandberg no LinkedIn, mas é muito fácil segui-la. Seguir as pessoas que estão em empregos ou posições que você quer ter algum dia é como ter conselhos de mentoria gratuitos.

  • Envie pedidos (personalizados) de amizade a pessoas que você admira

    Se há alguém que você admira, recorra a ela para pedir conselhos. Mas há uma maneira certa e uma errada de fazer isso: não se conecte apenas para conseguir um emprego – comece falando sobre o que vocês têm em comum.

  • Fale com as pessoas que acessam seu perfil

    Se você descobrir que alguém interessante visualizou o seu perfil, essa é a sua chance de se conectar. Eles já estão interessados em você, então por que não retribuir? Quem sabe esteja aí a sua próxima grande oportunidade (ou, no mínimo, uma boa conversa).

  • Torne-se amigo de seus contatos do LinkedIn na vida real

    Uma das melhores coisas que você pode fazer com a sua presença online é utilizá-la para gerar conexões na vida real. Afinal, há mais chance de você dar um emprego para alguém da sua lista no LinkedIn ou alguém que já o convidou para um café algumas vezes?

    Agora que o seu perfil foi aperfeiçoado, é hora de começar a utilizá-lo de fato. Engaje, curta os posts de outras pessoas, escreva os seus próprios artigos e comece a fazer amizade com suas conexões profissionais. Quando chegar a hora de conseguir um novo emprego ou ser promovido em um emprego existente, seu perfil na rede social estará pronto para ajudá-lo a subir na carreira.

Acesse regularmente

Não deixe sua linda foto de perfil ficar lá apenas de enfeite. Se você pretende utilizar sua presença online para o bem da sua carreira, há muitas coisas que você deveria estar fazendo diária, semanal e mensalmente. Curtir e postar são duas delas.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil (copyright@forbes.com.br).

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil (copyright@forbes.com.br).