10 segredos para se comunicar como os grandes líderes

É praticamente impossível se tornar um grande líder sem ser bom em comunicação. Se uma mensagem não for recebida profundamente por cada um de nós, provavelmente, não será compreendida e muito menos apoiada.

VEJA TAMBÉM: 14 maneiras para se comunicar melhor com seus funcionários

Uma comunicação eficaz é, então, um componente essencial para o sucesso profissional, seja a nível pessoal ou organizacional. Desenvolver uma capacidade comunicativa é mais fácil do que se pensa, mas ser capaz de utilizá-la nos momentos mais apropriados nem sempre é fácil.

Os melhores comunicadores são também ótimos ouvintes e observadores astutos: sabem ler uma pessoa ou um grupo e percebem os estados de ânimo, as dinâmicas, as atitudes, os valores e as preocupações.

Veja na galeria de fotos abaixo dez segredos da arte da oratória explicados à FORBES por Mike Myatt (considerado um dos principais especialistas em liderança do mundo):

  • Não fale de maneira afiada

    Na maior parte dos casos, as pessoas não se abrem a quem não confiam. Quando um líder é digno de confiança, as pessoas assumem riscos que jamais assumiriam frente a personalidades fracas e pouco íntegras. Pedir a confiança raramente funciona. Em vez disso, é preciso conquistá-la com as ações certas.

  • Personalize

    É melhor ter uma conversa do que uma comunicação: pense em um diálogo, não em um monólogo. Quanto mais a comunicação for pessoal e envolvente, mais será eficaz. Há uma grande verdade: “Às pessoas não interessa o quanto você sabe se elas não souberem o quanto você se importa”. Se você não desenvolver relações significativas com as pessoas, não saberá que coisas têm em mente até que seja tarde demais para fazer qualquer coisa a respeito.

  • Seja específico

    A especificidade é melhor do que a ambiguidade: aprenda a se comunicar com clareza. Ser simples e conciso é sempre melhor do que complicado e confuso. É importante que os líderes aprendam a ser diretos. Sem compreender o valor de ser breve e claro, as pessoas irão se distrair muito antes de escutarem seu ponto central. O seu objetivo deve ser eliminar o supérfluo e fazer valer as suas palavras.

  • Concentre-se no que você deixa em vez de no que você leva

    Os melhores comunicadores não apenas são hábeis na aprendizagem e compilação de informações durante a comunicação, mas também ao propor ideias, alinhar expectativas, inspirar à ação e difundir sua visão. Quando você se concentra realmente em contribuir mais do que em receber, atinge o objetivo. Mesmo que pareça contra intuitivo, ao se concentrar intensamente nos desejos e nas necessidades da outra parte, você aprende muito mais do que enquanto você permanece focado apenas em seus interesses.

  • Tenha uma mente aberta

    Uma mente fechada é, frequentemente, o maior limite para as novas oportunidades. O líder joga em um plano completamente novo no momento em que se propõe a discutir com quem tem opiniões discordantes e posições opostas, com o objetivo não de convencê-los a mudar de ideia, mas de compreender a sua argumentação. Esteja aberto ao diálogo com aqueles que o confrontam, desafiam e estimulam. Lembre-se de que não é a opinião que conta, mas, principalmente, a vontade de discutir com a mente aberta e aprender.

  • Fique quieto e escute

    Os grandes líderes sabem quando falar e quando ficar calados. Transmitir a sua mensagem até a exaustão não terá o mesmo resultado do que uma conversa. A maior forma de discurso se desenvolve dentro de um diálogo, e não com um monólogo. Quando você começar a entender que o conhecimento se obtém quando se está em escuta, terá dado o primeiro passo para se tornar um comunicador esperto.

  • Substitua o ego pela empatia

    Quando a franqueza vem comunicada com empatia e zelo, e não com a arrogância orgulhosa de um ego cheio demais de si, você começa a ver resultados. Os comunicadores empáticos mostram um nível de autenticidade e transparência que aqueles que escolhem se comunicar dentro de uma imagem atentamente elaborada não têm. Compreender esse princípio de comunicação é o que ajuda a transformar a raiva em respeito, e a dúvida, em confiança.

  • Leia nas entrelinhas

    Reserve um momento para refletir sobre qualquer grande líder que lhe venha à mente: você perceberá que eles são muito hábeis em ler nas entrelinhas. Têm a capacidade extraordinária de compreender aquilo que não se diz, fala ou sente. Nessa época de comunicação instantânea, todos parecem ter tanta pressa de comunicar aquilo que pensam que não param para compreender o quanto se pode obter da mente dos outros. Mantenha os olhos e os ouvidos abertos, e a boca fechada, e ficará surpreso com quanto a sua consciência aumentará.

  • Conheça aquilo de que você fala

    Desenvolva um domínio dos assuntos sobre os quais você fala. Se você não possuir experiência no tema, poucos lhe darão ouvidos. As pessoas de maior sucesso têm interesse escasso em escutar aqueles indivíduos que não podem agregar valor a uma situação ou a um assunto. Você certamente já ouviu falar que “não é importante o que você diz, mas como diz”. Há seguramente um componente de verdade nessa afirmação, mas também é muito importante aquilo que você diz. Os bons comunicadores prestam atenção tanto no “que” quanto no “como” da mensagem.

  • Fale a grupos como se fossem indivíduos

    Os grandes comunicadores conseguem personalizar uma mensagem, dirigindo-se a dez pessoas em uma sala de conferências ou a 10 mil pessoas em um auditório como se falassem individualmente com cada um deles.

Não fale de maneira afiada

Na maior parte dos casos, as pessoas não se abrem a quem não confiam. Quando um líder é digno de confiança, as pessoas assumem riscos que jamais assumiriam frente a personalidades fracas e pouco íntegras. Pedir a confiança raramente funciona. Em vez disso, é preciso conquistá-la com as ações certas.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil (copyright@forbes.com.br).