8 hábitos que devem ser evitados por freelancers

Sucesso como freelancer significa cultivar, constantemente, novos clientes, conquistar rentabilidade e desenvolver uma excelente reputação na sua área. Infelizmente, muitos profissionais ainda percebem que seu crescimento está estagnado.

LEIA MAIS: 13 dicas para profissionais remotos não se tornarem sedentários

Se você está em uma fase difícil como autônomo, é hora de dar um passo atrás e avaliar sua situação com honestidade. Em seguida, pergunte a si mesmo se você adquiriu algum dos oito hábitos a seguir. Não se preocupe se tiver desenvolvido algum deles, mas tenha em mente que será necessário fazer alguns ajustes e mudar um pouco o direcionamento para voltar a crescer.

Veja, na galeria de fotos a seguir, 8 hábitos que devem ser evitados por freelancers:

  • 1. Aceitar ofertas baixas para sobreviver

    Um grande cliente em potencial envia um email pra você. O problema é que ele oferece um valor muito baixo pelo seu trabalho. Você quase não terá lucro depois de pagar seus impostos e cobrir os custos.

    Tome cuidado com esse tipo de proposta. Raramente, ou nunca, clientes voltam atrás e oferecem um preço justo depois de ter pago uma quantia ínfima. Em vez disso, eles simplesmente se lembram de que você é uma marca fácil para ofertas baixas. E, infelizmente, quando o mercado descobre que você tem um custo baixo, a sua reputação pode ficar abalada.

  • 2. Negociar mal

    Você não só deve se recusar a aceitar ofertas baixas como também deve reconhecer em que momento negociar taxas mais elevadas. Um projeto exige que você trabalhe várias horas fora do expediente normal? O seu cliente pediu algo excepcionalmente urgente? É hora de trazer o dinheiro de volta à mesa de negociação.

    E não é só isso. Há momentos em que é importante pensar além do dinheiro. Você deve ser recompensado se estiver trabalhando a mais para alguém.

  • 3. Perder oportunidades de melhorar e futuros trabalhos

    Às vezes, não é só o talento ou o preço que ajudam a fechar um contrato. É simplesmente manter-se atualizado em suas comunicações e responder rapidamente a clientes em potencial que entraram em contato com você. Não espere até o dia seguinte para responder aos emails. Lembre-se de que o cliente pode ter entrado em contato com a sua concorrência ao mesmo tempo. Ela pode ultrapassá-lo e fechar o negócio.

    Além disso, há o acompanhamento no final de um trabalho. Muitos freelancers falham nisso ou esperam muito tempo. Depois de terminar um contrato, você pode:

    1. Incentivar os clientes satisfeitos a publicar críticas positivas ou recomendá-lo a outras pessoas;
    2. Receber comentários úteis que podem ser usados para melhorar no futuro;
    3. Corrigir quaisquer problemas pendentes sobre os quais você pode não estar ciente;
    4. Garantir clientes para trabalhos futuros.

  • 4. Tornar-se muito dependente das redes sociais e ignorar outros meios de divulgação

    Depois de estabelecer uma presença no mercado, o uso das mídias sociais não é um trabalho tão difícil. Às vezes, é até um pouco fácil demais. Como resultado, você se torna muito dependente da autopromoção no Facebook e no Twitter. Seu site é frequentemente ignorado e você para de usar técnicas testadas e verdadeiras, como ligações.

    Uma coisa a ter em mente é que nem todos estão ativos nas redes sociais. E pior: as pessoas ativas estão cada vez mais reticentes, até mesmo excluindo suas contas por motivos de privacidade. Estes são os clientes que irão procurá-lo por meio do site, mas se ele parecer desatualizado ou abandonado, é provável que eles assumam que você não esteja ativo.

  • 5. Esquecer do desenvolvimento de habilidades e do networking

    Tudo o que é necessário para entregar um potencial cliente a um concorrente é não ter uma habilidade que ele possui. É por isso que, como freelancer, é essencial manter essas habilidades atualizadas. Você pode participar de seminários, escutar podcasts, ler postagens de blogs conceituados, fazer um mestrado em marketing online ou outros cursos de curta duração, ler livros. O importante é dedicar tempo para aprender coisas novas.

    Também é muito fácil ficar ocupado e esquecer a importância do networking. Geralmente, isso ocorre porque os benefícios de estabelecer novos contatos não são vistos imediatamente. O cartão que você distribui em um jantar de uma pequena empresa pode levar meses para resultar em uma ligação telefônica. Ainda assim, o networking é parte integrante da construção de seu negócio como freelancer.

  • 6. Trabalhar em excesso

    Outro perigo é trabalhar demais. Se você não tirar férias, aceitar muitos contratos ou tentar trabalhar muitas horas por dia, poderá atingir um ponto de saturação. E, em seguida, chega a exaustão e o esgotamento. Isso pode resultar em menor capacidade para oferecer um bom atendimento ao cliente, aumento de erros ou, até mesmo, a real necessidade de uma folga forçada. Por isso, tire férias e aproveite o seu tempo livre nos finais de semana.

  • 7. Gerenciar errado seu tempo

    Muitas vezes, essa habilidade pode ser um desafio para novos freelancers, uma vez que controlar o próprio horário é algo muito atraente. Infelizmente, se você está acostumado a ter um chefe controlando seu tempo, assumir a função pode requerer um ajuste. Encontre uma ferramenta de gerenciamento de tempo que funcione para você e atenha-se a ela.

  • 8. Não aproveitar o feedback e as críticas

    Quando você trabalha como freelancer, as pessoas esperam seu melhor o tempo todo. E, quando elas acharem que não receberam, vão informá-lo pessoalmente ou por outros meios, como resenhas. Seu trabalho é pegar esse feedback e aprender com ele. Se você levar para o lado pessoal, terá um caminho difícil pela frente.

1. Aceitar ofertas baixas para sobreviver

Um grande cliente em potencial envia um email pra você. O problema é que ele oferece um valor muito baixo pelo seu trabalho. Você quase não terá lucro depois de pagar seus impostos e cobrir os custos.

Tome cuidado com esse tipo de proposta. Raramente, ou nunca, clientes voltam atrás e oferecem um preço justo depois de ter pago uma quantia ínfima. Em vez disso, eles simplesmente se lembram de que você é uma marca fácil para ofertas baixas. E, infelizmente, quando o mercado descobre que você tem um custo baixo, a sua reputação pode ficar abalada.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil (copyright@forbes.com.br).