Coluna

Rei da Tailândia, Bhumibol Adulyadej, morre aos 88 anos

Bhumibol Adulyadej

O falecimento do monarca causou grande impacto na população tailandesa (Getty Images)

Bhumibol Adulyadej, rei da Tailândia, morreu nesta quinta-feira (13), aos 88 anos. O Palácio Real informou o falecimento do monarca, hospitalizado desde o dia 3 de outubro, mas não deu detalhes sobre as causas da morte.

Bhumibol era o monarca vivo há mais tempo no trono: 70 anos. Nascido nos Estados Unidos, perto da Universidade de Harvard, local em que seus pais se conheceram, cresceu na Suíça e falava inglês e francês. Ele herdou a coroa depois da morte de seu irmão Ananda, em 1946, mas só recebeu-a em 1950, aos 22 anos, quando voltou para Bangcoc.

RANKING GLOBAL: 70 maiores bilionários do mundo em 2016

No trono, Bhumibol prometeu não tomar partido na política da Tailândia, mas sua corte podia gastar mais do que qualquer político ou general. Em rituais banhados a ouro, a corte se esforçou muito para inserir o rei no budismo tailandês, fazendo-o uma semi divindade.

Nos últimos tempos, a lei tailandesa procurou proteger sua família, mas isso só trouxe acusações de censura e aumentou a ridicularização de sua corte.

Comentários
Topo