Colunas

8 dias para degustar 160 pratos das 20 regiões da Itália

Massa artesanal com almôndegas e queijo da Vinheria Percussi

Massa artesanal com almôndegas e queijo da Vinheria Percussi

A gastronomia italiana não se restringe à pizza e ao spaghetti assim como a Itália não se resume a Roma, Firenze e Veneza. Para levar novos sabores, aromas e texturas da terra da bota aos paulistanos, oito entidades italianas como a Italia Trade Agency e a Câmara de Comércio Ítalo-brasileira promovem a 3ª Settimana Della Cucina Regionale Italiana. O evento tem início no sábado – com término previsto para dia 25 – e movimentará 20 restaurantes italianos de São Paulo. Durante oito dias, eles vão elaborar almoços e jantares com antipasto, primo piatto, secondo piatto e dolce de cada região do país. Ou seja: será possível degustar um total de 160 receitas absolutamente fiéis aos locais de origem. Da Sicília ao Trentino Alto Ádige. Todas elas, vale lembrar, devidamente aprovadas por órgãos da Itália.

Abruzzo, região central da Itália, será representada pela Vinheria Percussi, que oferecerá criações como creme aveludado de batatas e açafrão, massa fresca artesanal com pequenas almôndegas de carne e de queijo, coelho desossado e recheado à moda de Chieti. Para o grand finale, a Cassata abruzzese, construída a partir de camadas de pão de ló, creme de torrone (é isso mesmo!), chocolate e chantilly. O preço por pessoa no almoço é de R$ 69,00, podendo escolher entre o primeiro ou o segundo prato; e R$ 99 o jantar, com direito aos quatro pratos. Cada casa definiu seus preços.

A ideia do projeto apoiado pela embaixada e pelo consulado italianos é aprofundar o conhecimento dos brasileiros sobre a Itália, a partir de experiências de “sabor e saberes”. Na edição de 2014, nove chefs italianos desembarcam em São Paulo, a exemplo de Pasquale Palamaro, do restaurante Indcao, 1 estrela Michelin da região da Campania, e Giovanni Guarneri , do restaurante Don Camillo, da Sicília, e ganhar do prêmio 2 garfos do Guia Gambero Rosso 2014. Uma experiência única, como diriam os glutões com toda sua sinceridade.  Afinal, não existem gulosos, mas exploradores de comida.

Detalhes sobre os pratos, os restaurantes e os preços em http://www.settimanacucinaitaliana.com.br

Comentários
Topo