Colunas

Culotes? No, thanks!

Um dos maiores tormentos das mulheres são as gordurinhas localizadas. Não é à toa, portanto, que tantas mulheres desejam descobrir como acabar com o culote.

Ele pode ser resultado de hábitos alimentares, assim como do sedentarismo e da falta de exercício físico. Na maioria das mulheres, contudo, esse problema também está associado a mudanças hormonais e costuma surgir no fim da adolescência. Felizmente, existem maneiras bastante eficazes de combater esse problema e tornar a silhueta mais esbelta.

culotes1

O treino na bicicleta, seja ela ergométrica ou não, ajuda a eliminar as gorduras na região das coxas e do quadril. Trata-se de um exercício aeróbico, que utiliza a gordura como fonte energética. Ao trabalhar coxas e glúteo na bike, a gordura localizada nessa região será a fonte de energia. Treinar com insistência, regularidade e intensidade auxilia muito a resolver o problema.

culotes2

Este aparelho atua especificamente na área do glúteo, então a perda de gordura é focada nesta região. Mas o aparelho ajuda a fortalecer o músculo e, sozinho, não é suficiente para queimar a gordura. É necessário o complemento de uma atividade aeróbica – a bike, citada acima, é um exemplo. Perguntar ao seu instrutor sobre como acabar com o culote também pode auxiliar nesse processo.

CULOTES3

O step é muito famoso na academia, principalmente pela popularidade alcançada entre as mulheres. O sucesso tem explicação: o equipamento ajuda a trabalhar algumas das partes mais desejadas, como glúteos, posteriores da coxa e panturrilhas. Uma dica importante relacionada ao step é colocar sempre todo o pé no aparelho, sem forçar demasiadamente a panturrilha. Se você é iniciante, comece com passos básicos e uma coreografia mais fácil, descobrindo e ampliando seu limite.

CULOTES4

Se você não gosta ou não pode frequentar a academia, existe a possibilidade de fazer exercícios em casa. A caneleira também é muito indicada para quem deseja saber como acabar com o culote. Você pode praticar com a caneleira de dois modos: deite-se de lado e eleve/abaixe a perna que está por cima, sempre com atenção na postura.

Ou, deitada com a barriga pra cima, faça movimentos de flexão e extensão, como se estivesse dando chutes no ar, esticando horizontalmente a perna. Faça uma série de 15 a 20, descanse 30 segundos, troque e repita esta série.

culotes5

No agachamento, é necessário deixar as pernas paralelas, simulando o movimento de sentar-se em um banco ou cadeira. Com o agachamento, é possível trabalhar músculos posteriores, coxas e glúteos. Saber como acabar com o culote é importante, mas não esqueça de prestar atenção na saúde da sua coluna, alinhando a postura.

CULOTES6

Posicione-se corretamente primeiro: apoie joelhos e cotovelos alinhados com os ombros e quadris em um colchonete. Quando sua postura estiver correta, levante uma das pernas sem perder a posição e sem esticá-las, faça movimentos para o alto, como se estivesse dando coices ao ar. Lembre-se de que a força deve vir dos quadris e nunca da coluna, para prevenirmos lesões. Se você sentir que está forçando a coluna e não o quadril, pare o exercício e corrija a postura.

CULOTES7

Para quem não faz aula de step, praticar nas escadas pode ser uma substituição eficaz. Você pode simular os movimentos do step ou subir e descer os degraus diversas vezes, trabalhando as pernas e o quadril.

O novo portal Vivo Mais Saudável é super completo e tem diversas dicas de bem estar e sáude! Para acessar, é só clicar aqui!
Adorei!!

Comentários
Topo