Colunas

Os benefícios do óleo de coco

Você já conhece os benefícios do óleo de coco? Além das suas várias propriedades espetaculares, as receitas adquirem um sabor exótico e surpreendente quando incrementadas com esta gordura do bem.

oleo-de-coco

Por muitos anos o coco e o óleo de coco foram deixados de fora de planos alimentares ditos saudáveis e que tinham como objetivo a perda de peso, em função de sua alta concentração em gorduras saturadas. Cerca de 92% dos ácidos graxos presentes no óleo de coco são classificados como saturados. Mas estes, pertencem à uma classe especial de gorduras saudáveis, os TCMs – Triglicerídeos de Cadeia Média. Os principais são o ácido láurico e o ácido caprílico, que apresentam ação antimicrobiana, antibactericida e antiviral, funcionando como potentes antibióticos naturais!!! São capazes ainda de atuar contra fungos, em especial a Candida albicans, que acomete grande parte das mulheres. Apesar de apresentarem alto potencial de combate às bactérias patogênicas, não o fazem às bactérias que colonizam o intestino, essenciais à saúde digestiva e imunológica.

Os TCMs são fácil e rapidamente metabolizados pelo organismo; utilizados preferencialmente para a geração de energia e por isso não são armazenados como gordura no tecido adiposo. Agora fica mais fácil entender por que o óleo de coco é tão queridinho dos praticantes de atividade física e daqueles que buscam reduzir o peso e o percentual de gordura.

Quando se lida com altas temperaturas, o óleo de coco é uma das melhores opções, pois apresenta elevado ponto de fumaça, com baixo grau de oxidação, o que significa que é bastante resistente à formação de substâncias tóxicas.

Mas é importante ficar atento ao tipo e à marca do óleo de coco. Algumas marcas inferiores utilizam compostos químicos tóxicos, gordura hidrogenada e submetem o óleo ao processamento com altas temperaturas, fatores que interferem negativamente na qualidade nutricional e em seus benefícios. Por isso, prefira sempre o óleo de coco extra virgem!

E lembre-se: a gordura saturada presente em lanches fast foods, produtos de confeitaria, sorvete cremosos, etc, e a gordura saturada presente em alimentos naturais, como o coco, têm efeitos completamente diferentes em nossa saúde!!! É preciso evitar a todo custo a primeira e aproveitar ao máximo a segunda para garantir a saúde, disposição, peso adequado.

oleo-de-coco-2

* Regar saladas de folhas e vegetais
* Incrementar smoothies e vitaminas
* Enriquecer receitas de bolos e tortas integrais
* Pincelar pães e torradinhas
* Preparar pastinhas deliciosas junto ao atum ou abacate
* Dar um toque especial às saladas de frutas frescas
* Grelhar filés de peixe e frango
* Suavizar risotos de quinua ou arroz de cereais
* Assar carnes e ratattouiles
* Substituir a gordura vegetal e óleos refinados em geral

Agora é só começar a fazer uso e esperar os resultados!

Patricia Davidson Haiat

Comentários
Topo