Colunas

Estilista brasileiro Gustavo Lins abre novo atelier de alta-costura em Paris

O Brasil estica suas mangas no reduto da alta-costura da França.

O estilista mineiro Gustavo Lins está abrindo nesta semana uma nova loja no Marais, bairro em que já tem uma maison. O bairro é um dos mais antigos e chiques da Cidade Luz.

Radicado na capital francesa há 28 anos, Lins é o único brasileiro a integrar a seletíssima Câmara de Alta-Costura da França, criada em 1868 e que tem apenas 12 integrantes.  Ele foi convidado a se juntar à liga em 2006 e em 2011 efetivado como membro oficial.

A nova loja, na Rue Barbette, será uma extensão do seu atelier, criado em 2003. O espaço terá venda direta ao público e deverá funcionar também como show-room.

 

Mineiro de Belo Horizonte, Lins mistura até futebol nas suas criações

Mineiro de Belo Horizonte, o estilista mistura até futebol nas suas criações

Depois de trabalhar como aprendiz de grandes grifes como Louis Vuitton, John Galliano, Jean Paul Gaultier e Kenzo, o estilista brasileiro faz parte hoje do seleto grupo a desfilar suas criações na Semana de Alta-Costura de Paris – ainda considerado o evento mais tradicional da moda mundial. Sua próxima participação no evento será em 27 de janeiro.

Embora esteja radicado na França há quase três décadas, Lins mantém um forte vínculo com o Brasil, que costuma se fazer ver em suas coleções: a paixão pelo país o levou a explorar materiais que não são habituais na alta-costura, como pedaços de camisetas de futebol (de seu time, de Minas Gerais) ou couro reciclado.

Radicado em Paris há 28 anos, Lins é o único brasileiro a integrar a seletíssima Câmara de Alta-Costura da França

Radicado em Paris há 28 anos, Lins é o único brasileiro a integrar a seletíssima Câmara de Alta-Costura da França

 

 

 

 

Comentários
Topo