Colunas

Coleção de arte de bilionário é doada para dois museus nos EUA

Toda a coleção de arte do falecido bilionário Richard Mellon Scaife a dois museus na Pensilvânia, Estados Unidos: o Brandywine River Museum of Art, perto de Filadélfia, e o Westmoreland Museum of American Art, em Greensburg. Os representantes dos dois museus se reuniram para decidir como as 500 peças seriam distribuídas.

A coleção do bilionário é constituída por pouca arte moderna e isso parece ter sido muito bem aceito pelos beneficiários. A coleção é composta por peças de George Inness, Martin Johnson Heade e John Kensett. Além disso, Mellon deixou um terreno avaliado em US$ 15 milhões.

A dinastia Mellon é uma das mais conhecidas nos Estados Unidos e, quando morreu no início de julho de 2014, sua fortuna havia sido avaliada em cerca de US$ 1,4 bilhão.

 

Comentários
Topo