Colunas

Aplicativos desenvolvidos para a Google Play Store agora passam antes por aprovação da empresa

O Google acaba de fazer mudanças na política da Play Store que vão afetar diretamente os desenvolvedores de Android. Acontece que agora eles terão de esperar a aprovação do Google antes de disponibilizarem seus apps na loja online.

Antes, a empresa não precisava checar novos aplicativos e somente interferiam se eles fossem denunciados por furarem a política do manual. Esta medida já está sendo testada há alguns meses e por isso a companhia afirma que não haverá demora na resposta de aprovação.

A diretora de produtos da Google Play, Eunice Kim, afirmou em um post sobre o assunto que o objetivo não é atrapalhar os desenvolvedores e que em uma questão de horas a aprovação já estará pronta. Ela afirmou também que durante a fase de testes, não ocorreu nenhuma mudança significativa nesta relação.

Além disso, a empresa está lançando uma nova política de classificação etária para os jogos. A partir de maio, os criadores terão de responder um questionário para os apps já existentes e futuros em relação a isso. Os números serão baseados em organizações como a International Age Rating Coalition. Isso vale para o Brasil também: os usuários da Google Play começarão a ver os apps classificados como “livre” ou em faixas de idade de 10, 12, 14, 16 e 18 anos.

Comentários
Topo