Colunas

Loja na Califórnia é totalmente operada por robôs

Reprodução Mashable

Reprodução Mashable

Quem chega desavisado a loja Beam, na Califórnia, pode levar um susto! O estabelecimento é o primeiro a ser 100% operado por robôs. Os vendedores atendem os clientes via teleconferências, em telas de computadores que andam em segways. De acordo com representante da Beam, é a primeira loja sem humanos do mundo.

Alguns clientes se assustam ao serem abordados pelos robôs. A atendente Arika Bunfill, em entrevista ao site Mashable, contou que mora a 140 km da loja e trabalha de sua casa. Kavan Ali, que foi a loja pela primeira vez, declarou que estranhou ao conversar com uma tela. Outra vendedora da Beam, Posey, relatou ao Mashable que o novo trabalho mudou sua vida. Antes, ela gastava quatro horas do dia dirigindo para ir e voltar do trabalho.

O gerente da loja, Tom Wyatt, só vai ao estabelecimento uma vez por semana. Quando ele vai dar uma volta com um dos atendentes, pessoas na rua estranham a conversa entre Wyatt e uma tela. De acordo com Erin rapacki, diretor de marcketing da Beam, declara que o modo diferente de atender é realmente efetivo, ou seja, vende. Esse é o verdadeiro objetivo de usar os robôs: vende-los.

A tela tem aproximadamente 1,5 m por 0,6 m e é sustentado por duas pernas, que a ligam a base com rodas. Ele é feito para visitar lugares e fazer conferências. Há dois modelos disponíveis, um para uso pessoas, o Plus, com bateria para duas horas, e o Pro, que fica até oito horas sem carregar. Os robôs se locomovem com uma velocidade de 3,2 km/h, o passo médio de um humano.

A marca planeja abrir sua segunda loja em São Francisco.

Comentários
Topo