Colunas

Pesquisadores encontram origem de lepra em esqueleto na Europa

Divulgação

Divulgação

A lepra é uma doença geralmente associada à Idade Média na Europa, já que nesta época era comum encontrar pessoas com indícios e sinais da doença. Apesar disso, sua origem é de muito antes, e novas pesquisas e descobertas podem confirmar.

Um grupo de pesquisadores do Reino Unido e da Holanda encontrou recentemente a primeira evidência de lepra na Europa em um esqueleto. Mais interessante ainda é a descoberta de que este homem foi o responsável por espalhar a patologia por toda a Escandinávia.

Quando encontrados, os ossos estavam todos separados, por conta do tempo. O trabalho de recompor toda a estrutura foi de Sarah Inskip, arqueologista, e Sonia Zakrewski. No momento em que acabaram de realizar a reconstrução, perceberam que todo o corpo havia sido, um dia, tomado pela doença.

A equipe decidiu então testar o DNA do chamado GC96, e com os resultados finais, puderam comprovar a teoria de que ele estava realmente infectado pela doença, e morreu por conta dela.

Comentários
Topo