Colunas

Brasil é vice mundial na importação de azeite de oliva

azeite3
O Brasil está a caminho de confirmar posição como segundo maior importador mundial de azeite de oliva na safra 2014/2015, que termina em setembro.

O país deve importar 72 mil toneladas do produto no período, aponta a prévia do balanço anual do International Olive Oil Council. É o segundo maior volume do mundo, só atrás dos Estados Unidos, que devem comprar do Exterior 290 mil toneladas de azeite nesta safra.

Para se ter uma ideia da expansão brasileira neste mercado, o volume atual é mais do que cinco vezes o que os brasileiros traziam de azeite de oliva de fora em 1991.

Outro dado comparativo: o Brasil importa quase o dobro do Canadá, o terceiro colocado no ranking mundial de importação de azeite de oliva.

Vale lembrar que os brasileiros são quase 100% dependente do mercado externo neste produto.

 

 

azeite2

 

Em tempo: o maior produtor mundial de azeite de oliva da atual safra deve ser  novamente a Espanha, com 826 mil toneladas. Deste volume, 225 mil toneladas devem abastecer mesas no Exterior, o que garante ao país a segunda colocação mundial no ranking dos exportadores.

Já a Itália, mantém posições invertidas com a Espanha: embora seja o segundo maior produtor, com 302 mil toneladas na atual safra, o país da bota está na liderança nas exportações, com 244 mil toneladas.

A Grécia ocupou a terceira posição no ranking dos produtores, com 300 mil toneladas. Deste volume, apenas 11 mil toneladas saem do país.

Fora da Europa, um grande destaque é a Tunísia, que deve produzir na atual safra 260 mil toneladas de azeite de oliva. Deste volume, 170 mil toneladas estão seguindo ao Exterior.

Comentários
Topo