Colunas

Startup cria vitrola que toca vinis na vertical

Divulgação

Divulgação

Quem gosta de música sabe que há uma grande diferença entre a qualidade proporcionada por um aparelho eletrônico e um disco de vinil – e, na maioria das vezes, prefere a segunda opção. A startup Gramovox criou uma nova versão da tradicional vitrola, com uma característica inusitada: em vez de colocar os discos na horizontal, eles ficam de pé, na vertical.

LEIA MAIS: Rapper Lil Wayne cobra US$ 110 mil por show de 15 minutos

A Floating Record Vertical Turntable foi pensada para tornar a experiência de ouvir música em vinil mais interessante. Além disso, os alto-falantes foram escolhidos para serem os melhores possíveis. A base terá duas opções de cor, uma mais clara e outra mais escura, que dá um ar retrô para o equipamento.

Mas, para que a ideia se torne realidade, a startup usou o Kickstarter como recurso de financiamento do projeto. O objetivo era arrecadar US$ 50.000. Até o momento, mais de US$ 890.000 já foram contabilizados. Cada vitrola custa US$ 349, sem a taxa de entrega.

Comentários
Topo