Colunas

Australiano repassa lucro de venda de papel higiênico para causas sociais

Divulgação

Divulgação

Comprar papel higiênico pode ser servir a uma boa causa na Austrália. A startup Who Gives A Crap anunciou, nesta semana, que metade do lucro da venda do protudo será revertida a projetos para melhoria do saneamento básico em países subdesenvolvidos.

De acordo com Simon Griffith, fundador da Who Gives A Crap, é um assunto que atinge diversos países ao redor do mundo, como Timor Leste e Papua Nova Guiné, mas que não é discutido como deveria.

“É um problema enorme”, afirma o australiano. “Mas é algo que as pessoas muitas vezes não falam sobre porque é um assunto nojento, não é legal como água tratável, com a foto de crianças tomando um copo pela primeira vez.”

A jogada para chamar atenção ao produto foi desenvolver embalagens estilizadas, desenhadas pela designer e ilustradora australiana Beci Orpin, que podem virar origamis. “Convidá-la foi uma grande ideia porque ela é muito querida em Melbourne e tem uma estética incrível em seus desenhos”, explica Griffith. “Além disso, dá às embalagens uma sobrevida interessante.”

Divulgação

Divulgação

Comentários
Topo