Colunas

Leonardo DiCaprio produzirá filme sobre escândalo da Volkswagen

Reprodução

Reprodução

O recente escândalo do Volkswagen, em que a empresa manipulou os resultados dos testes de emissões de poluentes para alguns de seus novos veículos a diesel, abalou a indústria automotiva e colocou a moontadora alemã na berlinda. O então CEO Martin Winterkorn deixou o cargo e as ações despencaram. A história é tão intrigante que daria um filme.

RANKING: 20 maiores animações da história do cinema

Foi o que a Paramount Pictures pensou. O estúdio já comprou os direitos do ainda inédito livro do jornalista Jack Ewing, do New York Times, sobre o tema, sem divulgar o valor, mas acredita-se que tenha sido por mais de seis dígitos. À frente da equipe de produção estão ninguém menos que o ator Leonardo DiCaprio e o produtor Jennifer Davisson. A dupla já havia produzido juntos o longa “Aposta Máxima” (2013).

Atualmente, a Volkswagen está enfrentando um processo da Agência de Proteção ao Meio Ambiente dos Estados Unidos (EPA) que pode levar a multas no total de US$ 18 bilhões. O órgão calculou que, com um software que desligava os medidores durante os testes, os novos carros à diesel da empresa poluem 40 vezes mais do que o permitido pela lei norte-americana. Depois de o assunto tomar as manchetes internacionais, a emrpesa assumiu a fraude e Winterkorn renunciou.

VEJA TAMBÉM: O mesmo personagem, diferentes atores: quem fatura mais?

Nenhum ator ou diretor foi relacionado ao longa até então.

Comentários
Topo