Colunas

Los Angeles terá a arena esportiva mais cara do mundo

Los Angeles Rams

Los Angeles está se preparando para receber em grande estilo o campeonato de futebol americano da NFL. Um novo complexo está sendo construído em uma área de aproximadamente 800.300 m² e poderá se tornar a arena esportiva mais cara do mundo, segundo informações divulgadas pela CNN. Com capacidade para até 80.000 lugares e situado na cidade de Inglewood, a alguns quilômetros de distância de Los Angeles, o local será a nova casa do Rams, time franqueado da NFL, e tem custo estimado de US$ 2,6 bilhões – mais de US$1 bilhão a mais do que o MetLife Stadium, em Nova Jersey, atualmente o estádio mais caro da liga.

O prefeito de Inglewood, James Butts, já anunciou o desejo de transformar a nova arena em sede do Super Bowl, o que possibilita também ser palco de grandes eventos de música e entretenimento. The Rams, time que jogou na arena de Los Angeles por quase 50 anos, dará à cidade o primeiro time da NFL, desde 1995. O incorporador de imóveis e proprietário do time, Stan Kroenke, tem um patrimônio estimado em US$ 7,4 bilhões e é uma grande aposta à liderança da NFL.

LEIA MAIS: Como curtir a final do Super Bowl com estilo

A conclusão da arena está prevista para a temporada da NFL de 2019 e, até lá, os Rams ocuparão o LA Memorial Coliseum. A gigante empresa de arquitetura HKS foi contratada para projetar o local e já anunciou um dossel transparente de aproximadamente 77.000 m², que cobrirá toda a região que circunda o estádio. Este será no mesmo material utilizado pelos estádios do Bayern de Munique, Allianz Arena, e o Centro Aquático Nacional de Pequim. O estádio de Munique muda de cor (reveza entre vermelho, branco e azul, de acordo com a equipe), mas estas informações ainda não foram confirmadas pelos arquitetos para o estádio de Inglewood.

Hoje, o estádio mais caro do mundo também pertence a NFL, é o MetLife, em East Rutherford, New Jersey. Este, inaugurado em abril de 2010, por US$1,6 bilhão, se tornou lar das equipes New York Giants e Jets.

E MAIS: 30 equipes mais valiosas da NBA

Fora dos Estados Unidos, os estádios com orçamentos superiores a US$ 1 bilhão são raros. A casa do time londrino, o estádio de Wembley, foi um dos únicos que ultrapassou a marca, em 2007. Tóquio tinha planos para um estádio de US$ 2 bilhões, mas o Zaha-Hadid foi tornado um projeto abandonado, por conta dos crescentes custos de design e construção.

Los Angeles Rams 2

Comentários
Topo