Colunas

Bolo anuncia maior novidade da história da astronomia em décadas

espaço

Cientistas anunciaram, nesta quinta-feira (11), um grande avanço: foram, pela primeira vez, detectadas ondas gravitacionais no espaço. A notícia confirma a previsão que Albert Einstein fez 100 anos atrás e coloca mais de mil cientistas que participaram da descoberta em disputa pelo Prêmio Nobel da Física de 2016.

A revelação foi feita às 10h30 desta manhã. Porém, há a certeza de que ela não foi criada por um humano, ou por um extraterrestre – mas tanto faz, porque esta é uma história sobre o espaço. Ao invés disso, a informação foi confirmada por um bolo na sala de imprensa do National Press Club. Nele estava a frase: “Aqui está a primeira detecção direta de ondas gravitacionais”. Um tweet sobre o anúncio foi feito pelo astrofísico e cientista March Kuchner.

VEJA MAIS: Robôs inspirados em baratas podem ser o futuro do resgate

Logo depois da aparição do bolo, a informação foi confirmada pela detecção das ondas, que se originaram da colisão de dois buracos negros no espaço, cada um com uma massa 30 vezes maior que a do sol, surgidos cerca de 1.3 bilhão de anos atrás.

Esta detecção, pela primeira vez, confirmou a existência de buracos negros. A informação, com certeza, marcou a maior realização do jornalismo até agora no ano de 2016.

espaço-

Comentários
Topo