Colunas

Joias de ex-ditador das Filipinas serão leiloadas

Colar-de-diamantes

O governo das Filipinas aprovou uma exposição pública e leilão da coleção de joias de Imelda, esposa do falecido ditador Ferdinand Marcos. Especialistas internacionais divulgaram que, hoje, as joias valem cerca de US$ 21 milhões.

VEJA MAIS: Descubra quanto custa o buquê de rosas mais caro do mundo

A coleção foi apreendida quando Marcos e sua família fugiram para o Havaí, em 1986, após uma revolta popular, que deu fim as suas duas décadas de mandato. Ela inclui 25 quilates, diamantes em formatos de barril avaliados em, pelo menos, US$ 5 milhões (o que é isso? é um colar?) e uma tiara Cartier que é, agora, muito mais valiosa do que na época em que foi feita (US$ 30 mil a US$ 50 mil).

Andrew de Castro, da Comissão Presidencial do atual governo das Filipinas nomeou a agência Marcoses a responsável pela manutenção e exposição dos bens ao leilão, que acontecerá antes do fim do mandato do presidente Benigno Aquino III, em junho.

Joias Filipinas

Comentários
Topo