Colunas

Kylie Jenner quer ter uso exclusivo de seu primeiro nome

Kylie Jenner entrou com um pedido de registro de marca para o seu primeiro nome (Getty Images)

Kylie Jenner entrou com um pedido de registro de marca para o seu primeiro nome (Getty Images)

Somente um artista especial é capaz de tornar-se um nome conhecido globalmente sem a necessidade de um sobrenome. É o caso de Madonna, Beyoncé e Adele. Os falecidos roqueiros Elvis e Lemmy também não precisam que seus nomes de família sejam anunciados. Usher e Prince, Sia e Kylie são outros exemplos. Acontece que outra Kylie quer o nome só para ela.

Kylie Jenner, a modelo adolescente cunhada de Kanye West e estrela do reality show Keeping Up With The Kardashians, entrou com um pedido de registro de marca para o seu primeiro nome. O problema é que a cantora Kylie Minogue se apresenta como “Kylie” nos Estados Unidos desde antes de Jenner nascer.

A mais nova das irmãs Kardashian está buscando proteção para o nome “Kylie” em conexão com serviços de publicidade, de acordo com a publicação especializada World Intellectual Property Review, embora os representantes da cantora tenham dado entrada a uma oposição à aplicação na semana passada.

KDB, a empresa australiana que representa a cantora, argumenta que a aprovação do pedido de Jenner pelo US Patent and Trademark Office causaria confusão entre os consumidores e diluiria a marca da cantora pop.
Na sua oposição, a KDB disse que Kylie Jenner era “uma personalidade de televisão secundária”, que apareceu como “um personagem coadjuvante” em Keeping Up With The Kardashians e que tem sido criticada por grupos de direitos de deficientes e comunidades afro-americanas.

A cantora abordou a disputa em uma mensagem para os seus 2,3 milhões de seguidores no Twitter. “Olá… Meu nome é KYLIE #lightyears”, tuitou com um trecho da letra de sua canção “Light Years”, de 2000.

Kylie Minogue já vendeu mais de 65 milhões de álbuns ao longo de sua carreira. Sua sala de troféus inclui Brit Awards e Grammys, e, em 2007 ela tornou-se a primeira mulher (e primeira estrangeira) a receber o prestigioso prêmio britânico da indústria musical Trusts. Ela também é proprietária do domínio kylie.com desde 21 de agosto de 1996, um ano antes de Jenner nascer, segundo o The Mirror.

Kylie Jenner também entrou com um pedido de registro para o nome de “Kylie” por conta de serviços de entretenimento, relatou em sua oposição na última terça-feira (23).

Comentários
Topo