Facebook ativa o botão “estou a salvo” após atentados em Bruxelas

FB_safety_check

Hoje (22), mais uma vez, o Facebook foi transformado em recurso de verificação de segurança. Os usuários agora podem marcar estarem “a salvo” dos desastres humanos. Isso aconteceu por conta da série de explosões no aeroporto e em uma estação de metrô de Bruxelas, capital da Bélgica, que deixou, pelo menos 34 mortos e muitos feridos.

A ferramenta foi originalmente criada a partir do desastroso ataque terrorista de Paris, em novembro de 2015. Depois disso, também foi usada durante as tragédias na Nigéria e na Turquia.

LEIA MAIS: Empresa desenvolve imagem do zika vírus em escala de átomos

O recurso permite verificar quais seus amigos do Facebook estão próximos, ou em Bruxelas. Depois disso, é possível ver se eles estão seguros ou, então, marcar o status deles, caso você já tenha conseguido contato com eles.

O CEO do Facebook, Mark Zuckerberg, prometeu ativar esta ferramenta da rede social sempre que “desastres humanos ocorrerem”. Bruxelas, com certeza, foi vítima de um deles.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil (copyright@forbes.com.br).