Colunas

Big Ben para de funcionar pela 3ª vez em 157 anos para manutenção

iStock_000013277519_Medium (1)

VEJA TAMBÉM: Estudantes estrangeiros gastam quase US$ 1 bi com aluguel, em Londres

O Big Ben, um dos monumentos ingleses mais simbólicos, deixará de funcionar por alguns meses para que seja feita uma reparação avaliada em US$ 42.366.100,00.

Construído em 1856, o local recebe cerca de 12.000 visitantes anuais. Esta será a terceira vez em 157 anos que as badaladas do marco londrino não soarão pelas redondezas.

A Elizabeth Tower, propriedade que comporta o Big Ben, também será interditada para que haja restaurações. No planejamento, a reforma da casa durará cerca de três anos, sendo iniciada em 2017, mesmo que a torre volte a funcionar antes desta data.

E MAIS: Como Rainha Elizabeth II conquistou sua fortuna

Alguns especialistas dizem que tal pausa implica em uma possível falha do relógio, já que o fluxo do mecanismo será interrompido por completo. “Durante este tempo não haverá badalos de sino. Pretendemos estudar qual o efeito que esta ausência terá no dia a dia de nossos operários”, disse o porta-voz da operação.

Comentários
Topo