Colunas

Cadeira de J.K. Rowling é leiloada por US$ 394.000

Cadeira de J.K. Rowling é leiloada por US$ 394.000 (Reprodução)

Cadeira de J.K. Rowling é leiloada por US$ 394.000 (Reprodução)

À primeira vista, esta é só uma cadeira antiga de madeira rasurada e tudo mais. Mas nas costas de seu encosto há uma mensagem que diz tudo: “você pode não me achar bonita, mas não julgue pelo o que você vê”. Esta foi a cadeira em que J.K. Rowling sentou para escrever os dois primeiros livros de Harry Potter e foi vendida por US$ 394.000 em um leilão de livros raros realizado ontem (6), em Nova York. Seu vendedor, segundo a promotora Heritage Auctions, escolheu manter-se em anonimato. Mas seu comprador, Gerald Gray, CEO da AutoKontrol EUA, disse à Heritage Auctions que planeja doar 10% do valor a instituição de caridade de Rowling, a Lumus.

No assento da cadeira ainda há frases como “eu escrevi Harry Potter sentada nesta cadeira” e um enorme autógrafo de J. K. Rowling pintado à mão.

LEIA MAIS: Primeiros exemplares das obras de Shakespeare serão leiloados

Rowling, enquanto era mãe solteira na Escócia, em 1995, tinha quatro cadeiras incompatíveis com a sua sala de jantar. Para escrever “Harry Potter e a Pedra Filosofal” e “Harry Potter e a Câmara Secreta”, ela escolheu a mais confortável delas e sua antiga máquina de escrever.

A autora deixou uma carta ao vencedor do leilão dizendo: “meu lado nostálgico está aqui e é triste vê-lo ir”. Mas esta não é a primeira vez que uma das humildes cadeiras são leiloadas. Em 2002, Rowling doou uma cadeira para um leilão de caridade, vendida por US$ 21.000.

Comentários
Topo