Colunas

Laser mais potente do mundo ficará 10 mil vezes mais forte

Reprodução/Stanford Univsersity

Reprodução/Stanford Univsersity

Há seis anos, o SLAC, o laboratório do acelerador de partículas dos Estados Unidos, apresentou o laser mais potente do mundo. Agora, a organização conseguiu realizar outra façanha: a nova versão do equipamento será 10 mil mais forte.

O laser mais potente encontra-se no laboratório da Universidade de Stanford, em um túnel de 3,2 km de comprimento. O equipamento dispara elétrons para capturar vídeos de reações químicas, pulsos que captam imagens das estruturas em um nível atômico em um quadrilhão de segundo.

LEIA MAIS: Empresa desenvolve imagem do zika vírus em escala de átomos

Por meio da melhoria da tecnologia, o laboratório conseguirá detalhes sem precedentes de alguns processos fundamentais da natureza, como ligações químicas, imagens 3D de diferentes células, interações do processo de fotossíntese e de descargas elétricas em determinados materiais.

O upgrade do LCLS terá um grande impacto na ciência, de acordo com uma publicação do laboratório. O projeto consiste em adicionar um disparador “10 mil vezes mais brilhante que o primeiro, com poder de fogo 8 mil vezes mais rápido, algo em torno de um milhão de pulsos por segundo.”

O Departamento de Energia dos Estados Unidos aprovou um orçamento de US$ 1 bilhão para a construção, iniciada em 4 de abril. O laser já existente continuará em operação até uma parada de seis meses para reparos em 2017, enquanto a nova versão do laser estará pronta em 2020.

Comentários
Topo