Telescópio Kepler, da NASA, identifica mais de mil novos exoplanetas

iStock
iStock

O telescópio espacial Kepler, da NASA, identificou 1.284 novos exoplanetas, sendo nove os que podem apresentar condições ideias para a vida. Exoplanetas são os que não pertencem ao Sistema Solar. Desde 2009, já se somam 4.500 os conhecidos pela agência espacial norte-americana.

VEJA MAIS: Elon Musk planeja viagem a Marte até 2018

Em comunicado, o órgão afirmou que as descobertas foram feitas antes de o telescópio entrar em desuso. “Isso nos dá esperanças de que possa haver vida fora da nossa galáxia.”

Os noves planetas mais propensos a abrigarem vida são os que têm a proximidade de suas estrelas similar à que a Terra tem do Sol. Nestas condições, os corpos poderiam ter água em sua composição.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil (copyright@forbes.com.br).