Colunas

Cientistas identificam elementos químicos raros em exoplaneta

Reprodução

Reprodução

Júpiters quentes são os exoplanetas mais numerosos que conhecemos e são assim chamados por terem uma massa aproximada muito parecida com o quinto planeta do Sistema Solar.

Eles orbitam próximos às estrelas de suas galáxias, o que possibilita que as atmosferas delas sejam vistas e estudadas. Isso tem intrigado cientistas, que já observaram vapor escondido entre camadas de nuvens dos corpos.
No último estudo realizado, pesquisadores observaram 19 Júpiters quentes e constaram que 10 deles apresentavam vapor na atmosfera.

VEJA MAIS: 10 maiores descobertas espaciais de 2016

Um dos exoplanetas avistados pelo telescópio Kepler possibilitou descobertas ainda mais surpreendentes. O WASP-12b, de massa 41% maior do que Júpiter, está tão próximo à estrela principal de seu sistema que gigantescas marés gravitacionais deformaram sua atmosfera e liberaram gás.

O material possibilitou que os cientistas identificassem elementos químicos nunca antes observados nesses planetas.

Comentários
Topo