Colunas

Cronut mais caro do mundo custa US$ 2.000

Reprodução

Reprodução

O cronut foi eleito uma das melhores invenções culinárias de 2013 pela revista “Time” e até hoje as pessoas ficam durante horas na fila para comprar no máximo meia dúzia de unidades. Seu inventor, o chef e confeiteiro francês Dominique Ansel, de 35 anos, é dono de uma popular confeitaria no Soho. Segundo o site oficial, Ansel levou dois meses de trabalho e dez tentativas para acertar a receita.

Passados três anos, esse doce ganhou o mundo e conquista uma legião de fãs com diferentes receitas. A novidade encantou tanto que uma padaria em Londres está vendendo as unidades açucaradas por US$ 2.000.

VEJA MAIS: As sobremesas mais caras do mundo

A Dum Dum Donutterie vende uma mistura do bolinho com croissant, com cobertura de chocolate que imita o nome da receita no local: “The Luxury Zebra Cro”. Uma cobertura de baunilha do Taiti com champanhe Cristal e pequenas folhas de ouro completam a preciosidade.

O chocolate usado é feito do raro Amedei Porcelana, um amargo feito na Toscana, Itália, e famoso por ser o mais caro do mundo.
O “The Luxury Zebra Cro” foi especialmente criado para o lançamento do festival Just Eat, em Londres, que acontece até o final do mês na capital inglesa.

Comentários
Topo