Colunas

Hubble captura imagens da aurora boreal de Júpiter

Reprodução/NASA

Reprodução/NASA

Pouco antes da chegada da sonda Juno à órbita de Júpiter, o telescópio Hubble capturou impressionantes imagens da aurora boreal do planeta.

“Foi uma das demonstrações mais dramáticas que já vimos do fenômeno”, disse Jonathan Nichols, da Universidade de Leicester, no Reino Unido. Ele é um dos cientistas por trás das pesquisas sobre o maior planeta do Sistema Solar.

VEJA MAIS: Cientistas descobrem exoplaneta a 1.200 anos-luz da Terra

“Até parece que Júpiter estava soltando fogos de artifício para comemorar a chegada de Juno”, disse durante uma coletiva de imprensa ontem (30). A nave não tripulada chegará à órbita do planeta na próxima segunda-feira (4).

As auroras boreais foram fotografadas pelo telescópio Hubble durante uma série de observações feitas com luz ultravioleta. Diferentemente dos fenômenos que acontecem na Terra, os de Júpiter são ininterruptos e muito mais energéticos.

E AINDA: 10 maiores descobertas espaciais de 2016

As observações feitas pelo Hubble e pela nave Juno devem ajudar os cientistas a entender como o Sol atua para gerar as auroras em Júpiter e quais outros fenômenos interferem no campo magnético do planeta.

Comentários
Topo