Colunas

Títulos do Tesouro Direto rendem até 71% mais do que a poupança em um ano

Títulos do Tesouro Direto alcançaram até 14,11% de rentabilidade bruta nos últimos doze meses (Divulgação)

Títulos do Tesouro Direto alcançaram até 14,11% de rentabilidade bruta nos últimos doze meses (Divulgação)

Os títulos do Tesouro Direto vêm registrando percentuais muito maiores de retorno financeiro do que a tradicional poupança. Enquanto as cadernetas tiveram 8,25% de valorização em um ano, esses papéis alcançaram até 14,11% de rentabilidade bruta nos últimos doze meses, naqueles indexados à taxa Selic do Banco Central — um incremento de 71% no rendimento total.

Esse rendimento maior explica em parte o aumento de participantes nesse tipo de aplicação. Em março deste ano, foram 33.456 novos investidores, atingindo um total de 708.711 segundo o Tesouro Nacional. As vendas totais do mês alcançaram R$ 29,3 bilhões – um aumento de 75,5% em relação a março de 2015.

Corretora que mais vende títulos do Tesouro Direto no Brasil, a Easynvest afirma que os títulos públicos têm se mostrado como opção inteligente a investimentos independentes dentro do mercado financeiro. O maior público investidor do Tesouro está entre os 26 e 35 anos, concentrado na região Sudeste do país, que representa 70% do total. Aplicações no Tesouro Direto ajudam a captar recursos para o financiamento da dívida pública e financiar atividades do governo federal, como educação, saúde e infraestrutura.

A Easynvest está há mais de 50 anos no mercado e não trabalha apenas com esse segmento. Todas as movimentações da corretora são feita com taxas zero em negócios de renda fixa. Além de ser uma empresa 100% online, ela dispõe de um app de investimentos em renda fixa na Play Store e na Apple Store — o primeiro aplicativo do segmento. Esses recursos possibilitaram, de acordo com a corretora, uma navegação bastante fácil e intuitiva. Entre as possibilidades, está a simulação de retorno das aplicações, a transferência da quantia desejada e investimentos de qualquer valor a partir de R$ 30 de maneira remota pelo celular.

A tecnologia e a ausência de custos, diz a empresa, além de ampliar o acesso para quem quer faturar de formas menos tradicionais e mais funcionais, dá autonomia plena aos clientes — que escolhem e gerenciam os próprios investimentos. Como uma empresa omnichannel, A Easynvest mantém contato com seus clientes através de e-mail, pelo site da empresa – no qual disponibiliza um chat, nos aplicativos e nas redes sociais. Tudo para auxiliar de forma fácil e rápida o investidor.

Comentários
Topo