Colunas

Empresária cria bracelete que calcula início do período fértil de mulheres

Reprodução

Reprodução

Lea von Bidder, de 26 anos, é a fundadora e CEO do Ava, o primeiro dispositivo do mundo a determinar o período fértil de uma mulher. Em formato de bracelete, o equipamento tem uma precisão de 89% em relação às chances de fecundação.

“O Ava é o primeiro método certeiro e fácil de se saber se uma mulher está ovulando ou não”, contou von Bidder à FORBES. “Basta usá-lo durante a noite e o bracelete irá dizer quando começou o seu período fértil.”

O aparelho coleta dados do corpo da mulher durante a noite e envia o resultado a um aplicativo, disponível para iOS e Android.

VEJA MAIS: “Somos educadas culturalmente para sermos menos agressivas”, afirma Andrea Chamma

“Para a maioria das mulheres, o período fértil costuma durar de cinco a seis dias. Para quem está tentando engravidar, é extremamente importante saber quando a ovulação terá início”, conta a CEO. “Mesmo durante esses dias, a chance de engravidar nem sempre é muito alta. Então, para evitar o desgaste emocional, cruzar as datas é essencial.”

O Ava monitora nove parâmetros fisiológicos para calcular o início do período fértil, como qualidade do sono, pulso, velocidade da respiração e temperatura corporal, todos relacionados com a produção de hormônios no corpo.

E AINDA: 8 passos para montar uma boa equipe, equilibrada entre homens e mulheres

O dispositivo está à venda por US$ 199 no site da companhia baseada em San Francisco, Califórnia. Em 2015, a empresa conseguiu arrecadar US$ 2,6 milhões na primeira rodada de investimentos. A ZKB e a Swisscom são duas das companhias que apostaram na tecnologia na época.

Comentários
Topo