Colunas

“Ainda vejo o mercado brasileiro em ascensão”, diz maior investidora anjo do Brasil

Divulgação

Camila Farani é a maior investidora anjo do Brasil (Divulgação)

O mercado de investimento anjo brasileiro e o mercado financeiro como um todo tem poucas mulheres de destaque. Camila Farani é uma exceção. Maior investidora anjo do Brasil, ela tem um currículo extenso e aceitou se tornar uma das Sharks da versão brasileira do Shark Tank, reality show com investidores interessados em dar apoio financeiro a grandes ideias de empreendimento, transmitido pelo canal Sony.

Camila Farani acredita no potencial do mercado de investimento no Brasil. “Ele, como tudo, ainda vai crescer e ganhar cada vez mais aprendizado, mas já está alavancando bons avanços e resultados em diversas áreas”, diz.

Camila incentiva que outras mulheres brasileiras também invistam em negócios. “Oportunidades sempre virão, algumas bem difíceis e desafiadoras, mas no início tudo é assim. As mulheres devem e podem investir em novos negócios, mas antes de tudo precisam acreditar que isso é possível. O mais importante é se sentir realizada com aquilo que faz, achando o equilíbrio certo entre sua vida pessoal e profissional”, diz.

1) Como você enxerga o mercado de investimento brasileiro?

Apesar da crise socioeconômica que estamos vivendo atualmente no país, ainda vejo o mercado brasileiro em ascensão, tanto por meio da aceleração da indústria de private equity e de venture capital, o desempenho de importantes mercados emergentes e ainda os esforços atuais de melhoria da economia interna. Como sempre, observo os mercados estrangeiros atentos ao Brasil, procurando diversificar suas áreas de atuação e focar suas aplicações de forma cada vez mais forte em nosso país.

Programas de aceleração e incentivo para pequenas e médias empresas, além de startups, são capazes de estimular e facilitar o acesso destas empresas ao capital e colocam, nós investidores, mais próximos de boas empresas que estão surgindo no mercado. O cenário do investimento-anjo no Brasil também está ganhando muitos adeptos nos últimos anos, com organizações, empresas e grupos capazes de alavancar os negócios de muitas empresas do país e impulsionar o melhor do empreendedorismo. O mercado de investimento no Brasil, como tudo, ainda vai crescer e ganhar cada vez mais aprendizado, mas já está alavancando bons avanços e resultados em diversas áreas.

2) Você está entre as escolhidas do Shark Tank brasileiro, como você enxerga este programa?

Já assistia o Shark Tank em sua versão norte-americana e sempre vi o reality com bons olhos. Cabe ressaltar que ele não é um programa de investimento anjo. Tem todo o aspecto de ser um TV Show mas também gera uma série de aprendizados que todo mundo deveria assistir e considerar aquilo que julgar mais importante para aplicar em seus negócios e até mesmo em sua vida. Considero também uma oportunidade dos empreendedores apresentarem suas ideias aos investidores que têm a possibilidade de ajudá-los a dar prosseguimento de um produto com diferencial de mercado. Durante as gravações da versão brasileira, me deparei com verdadeiros ‘tubarões’, empresários admiráveis, com ampla experiência nas suas áreas. Isso fez com que a complementariedade de cada Shark fosse fundamental para a consistência das gravações bem como o aprendizado ganho.

A Sony e Floresta Produções fizeram um trabalho formidável, com uma ótima produção, além de reunir um time do primeiro escalão, com quem tive um imenso aprendizado. Espero que os telespectadores gostem do programa, principalmente aqueles que têm este mundo dos negócios mais próximo, que terão a possibilidade de se motivar e inspirar assistindo os episódios do reality. Os participantes nos apresentaram boas ideias de negócios, o que me fez ficar impressionada e completamente satisfeita em presenciar esta capacidade das pessoas de ter ideias revolucionárias e conseguir tirá-las do papel.

3) Qual seria o seu recado para as mulheres que gostariam de investir?

O recado mais importante que posso dar a estas mulheres é persistir e sempre olhar para o futuro que pode ser construído a partir de boas ideias. Muitas vezes, esperar aquele que parece ser o melhor momento para um investimento, pode fazer com que excelentes oportunidades passem, sem que seja possível tentar uma segunda chance. Sempre digo que qualificações como atitude, planejamento, persistência e coragem para arriscar e acreditar em uma ideia são ingredientes essenciais para o alcance do sucesso.

Foi através do investimento-anjo que consegui impactar mais pessoas e me tornei uma empreendedora melhor. Vejo a mulher, nos dias de hoje, não tendo mais opção de esperar que algo aconteça e sim que ela busque a sua independência, em todos os pilares possíveis. Fico completamente satisfeita quando mulheres de diferentes perfis me procuram para buscar conselhos, e citam meu nome como fonte de inspiração. Procuro ajudá-las da melhor maneira possível e me sinto realizada quando vejo que o meu conselho ou a minha dica ajudaram de alguma forma.

​​Formada em comunicação social, com pós em MKT Internacional na Itália e MBA em MKT Digital pela FGV, Fabi Saad participou do Women Leadership Program em Oxford com líderes como Samar Al Mafragy & Nadja Swarovski.

Fabi Saad é uma colaboradora de FORBES Brasil. Sua opinião é pessoal e não reflete a visão editorial de FORBES Brasil.

Comentários
Topo