Colunas

Justiça autoriza leilão de mansão de Edemar Cid por R$ 70 milhões

edemar6

Em novo capítulo da longa novela envolvendo a massa falida do Banco Santos, uma decisão da Justiça baixou praticamente pela metade a avaliação da joia da coroa do espólio do banqueiro Edemar Cid Ferreira: sua espetacular mansão no bairro Morumbi, em São Paulo, deverá ir a leilão com preço inicial de R$ 70 milhões. A perícia anterior, do início de 2015, havia fixado o lance mínimo em R$ 116,5 milhões – o que faria dela a casa mais cara no mercado em São Paulo e no Brasil.

Cid Ferreira tinha conseguido barrar na Justiça o pregão previsto para o ano passado, questionando o valor fixado na ocasião. O banqueiro alegava que tinha desembolsado R$ 251,6 milhões na construção da mansão – ou seja, mais que o dobro do preço estimado para leilão.

RANKING: 70 maiores bilionários do Brasil em 2016

A partir disso, foi determinada uma nova perícia, que atribuiu valor de R$ 70 milhões para o lance inicial pela residência do ex-banqueiro – não contempladas nesta cifra as famosas obras de arte da mansão. A nova avaliação foi acatada pelo juiz Paulo Furtado de Oliveira Filho, da 2ª Vara de Falências e Recuperações Judiciais, que recentemente autorizou o leilão do casarão por este valor.

RANKING: 70 maiores bilionários do Brasil em 2016

“O imóvel sob avaliação tem projeto de conhecido arquiteto e características singulares, mas ninguém hoje se disporia a pagar por tal bem o quanto foi gasto na sua construção (R$ 251.666.000,00)”, afirma o juiz no despacho de cinco semanas atrás. “Também não é parâmetro adequado o valor da avaliação anterior (R$ 116.500.000.00), pois desde então também houve queda nos preços dos imóveis de alto padrão”, argumenta na sua decisão.

Em outro despacho, o juiz autorizou a alienação das obras de arte da casa. O ex-banqueiro já foi um dos maiores colecionadores de arte do mundo. Cerca de R$ 30 milhões em obras de seu acervo já foram vendidas, e se estima que haja igual valor em obras de arte ainda por leiloar.

RANKING GLOBAL: 70 maiores bilionários do mundo em 2016

Com a decisão do juiz, agora deverá ser definida uma data para os leilões.

 

edemar5

MANSÃO DE CINEMA

Localizada na Rua Gália, no bairro do Morumbi, a ex-residência de Edemar Cid Ferreira soma 7,8 mil metros quadrados de área construída. Tem projeto arquitetônico assinado por Ruy Ohtake, interiores de Peter Marino e Ingo Mauer e paisagismo de Burle Marx.

Somente em IPTU, a casa custa R$ 444 mil por ano. É o segundo valor mais alto da cidade de São Paulo.

RANKING EUA: 30 maiores bilionários dos Estados Unidos em 2016

Algumas características do imóvel, segundo documentos da Justiça:

A mansão tem automação completa gerenciada por sistema eletrônico: controle remoto da sonorização, sistemas de vídeo, sistemas de iluminação e de segurança.

edemar3

São três elevadores, além de mota-cargas para ligações entre as duas cozinhas.

Nas duas garagens cabem cerca de 50 carros.

VEJA TAMBÉM: 26 mansões mais caras à venda nos Estados Unidos

Na cobertura, o imóvel tem um heliporto, embora não tenha autorização para receber aeronaves.

Nas áreas de lazer, são duas piscinas climatizadas, academia completa, duas áreas para churrasco, pista de caminhada com piso emborrachado, quadra de tênis, pomar e jardins com chafarizes e espelhos d’água.

Só para lembrar, o Banco Santos teve sua falência decretada em 2005. Desde então, apenas cerca de 30% da dívida de R$ 3,2 bilhões foi paga.

 

Comentários
Topo