Colunas

Porque os brasileiros estão fora do sorteio do green card norte-americano

Os Estados Unidos vão abrir nesta terça-feira (4) as aplicações para o programa de sorteio dos cobiçados vistos permanentes, promovido anualmente pelo governo norte-americano. O chamado Diversity Immigrant Visa Program (DV) vai sortear 50 mil green cards para o ano fiscal de 2018.

Os brasileiros ficaram de fora do programa neste ano, mais uma vez.

O Brasil não foi qualificado para a loteria do visto desta edição porque o país ultrapassou a marca de 50 mil imigrantes nos Estados Unidos nos últimos cinco anos, de acordo com a regra-limite estabelecida pelo Departamento de Estado. Na mesma situação estão cidadãos de outros 17 países – entre os quais sete são da América Latina: Bangladesh, Canadá, China (continental), Colômbia, República Dominicana, El Salvador, Haiti, Índia, Jamaica, México, Nigéria, Paquistão, Peru, Filipinas, Coreia do Sul, Reino Unido e territórios (exceto a Irlanda do Norte) e Vietnã.

VEJA MAIS: O preço do green card: quanto custa para se tornar um cidadão norte-americano

O Diversity Program funciona exatamente como um sorteio. Os cidadãos dos países qualificados que querem imigrar para os Estados Unidos inscrevem-se pela internet e o resultado da loteria. Quem for sorteado poderá candidatar-se a um green card depois de passar por um rigoroso processo de verificação de antecedentes.

As inscrições para os cidadãos de países habilitados poderão ser feitos de 4 de outubro a 7 de novembro.

Comentários
Topo