Colunas

Cadeira de US$ 26.000 desafia a gravidade

Divulgação Divulgação

Enquanto o mundo moderno redefine o conceito de conforto, o Dr David Wicket criou uma invenção que combina tecnologia e luxo. Após dez anos de pesquisa em bioengenharia, Wicket criou uma cadeira hi-tech que simula anti-gravidade e permite que a postura corporal seja controlada por movimentos com a mão.

LEIA MAIS: Cavalo de balanço mais caro do mundo custa mais de US$ 122 mil

Conceituada e criada pela companhia David Hugh Ltd, a cadeira foi batizada de “Elysium” e é o resultado de técnica e engenharia estrutural. A cadeira possui seis rolamentos (elementos de apoio) e um eixo linear que conecta o usuário com o ambiente, o que resulta em equilíbrio sem fricções.

O design do móvel inclui uma variedade de espumas que controlam o equilíbrio e a pressão. A patente tecnológica sem fricção da Elysium cria um caminho horizontal até o centro gravitacional do corpo que o equilibra por inteiro. Com o uso das teorias de flutuação, a cadeira melhora a circulação sanguínea, alivia a pressão e ajuda com dores musculares.

A companhia, em colaboração com a empresa Bang & Olufsen, vai lançar uma edição de 20 cadeiras ao público no valor de US$ 26.000 cada. Além dos mecanismos de alumínio e do couro, cada cadeira terá gravado o nome “David Hugh Launch Edition” em ouro. Em seu pré-lançamento, a Elysium será exibida na loja da companhia em Knightsbridge, Londres. Com esta engenharia avançada, o móvel é garantia de conforto.

Comentários
Topo