Colunas

Rolex Awards for Enterprise premia empreendedores que querem mudar o mundo

Rolex Awards for Enterprise

O Rolex Awards for Enterprise foi realizado na noite desta terça-feira (15), em Los Angeles (Divulgação)

A Rolex realizou o Rolex Awards for Enterprise na noite de ontem (15/11), em Los Angeles, nos Estados Unidos. O prêmio tem o objetivo de financiar projetos inovadores criados por empreendedores nas áreas de de ciência e saúde, tecnologia, descobertas e exploração, meio ambiente e herança cultural.

Entre os premiados há uma diversidade de nacionalidades e de projetos que pretendem, ao seu modo, mudar o mundo. O indiano Sonam Wangchuk, por exemplo, desenvolveu estupas de gelo para solucionar problema de escassez de água nas lavouras nas regiões áridas do Himalaia. Já a jovem Christine Keung, de 24 anos, criou um projeto que mobiliza médicos e empresas que, com as mulheres da região, empenham-se em reduzir a poluição da água e do solo do noroeste da China.

Wangchuk focou seu projeto na região árida do Himalaia (Divulgação)

Wangchuk focou seu projeto na região árida do Himalaia (Divulgação)

O prêmio divide-se em duas partes: cinco empreendedores laureados com 100.000 francos suíços e cinco jovens abaixo de 30 anos premiados com 50.000 francos suíços. Veja a seguir os ganhadores em cada categoria e seus projetos:

Empreendedores

Andrew Bastawrous, 36 anos, Reino Unido
Criou um app para diagnosticar doenças oftalmológicas em comunidades do Quênia.

Conor Walsh, 35 anos, Irlanda
Criou uma roupa robótica que devolve os movimentos a vítimas de AVC

Kerstin Forsberg, 32 anos, Peru
Desenvolveu um projeto de preservação das raias-jamantas no Peru.

Sonam Wangchuk, 50 anos, Índia
Desenvolveu estupas de gelo para solucionar problema de escassez de água para as lavouras nas regiões áridas do Himalaia Ocidental.

Vreni Häussermann, 46 anos, Chile/Alemanha
Desenvolveu um projeto para estudar e preservar a fauna e flora da Patagônia Chilena.

Jovens abaixo de 30 anos

Christine Keung, 24 anos, Estados Unidos
Desenvolveu um projeto que mobiliza médicos e empresas que, com as mulheres da região, empenham-se em reduzir a poluição da água e do solo do noroeste da China.

Joseph Cook, 29 anos, Reino Unido
Criou uma missão para estudar micróbios biológicos da floresta glacial da Groenlândia e ter informações sobre mudanças climáticas e ciclo do carbono.

Junto Ohki, 29 anos, Japão
Desenvolveu dicionário on-line de línguas de sinais baseado em crowdsourcing para melhorar a comunicação entre pessoas com deficiência auditiva.

Oscar Ekponimo, 30 anos, Nigéria
Criou app que faz monitoramento automático do prazo de validade de alimentos na Nigéria para reduzir o problema da fome.

Sarah Toumi, 29 anos, França/Tunísia
Criou o programa Acacias for All, iniciativa comunitária desenvolvida na Tunísia para combater a desertificação provocada por mudanças climáticas.

Keung quer ajudar a diminuir a poluição do ar e do solo no noroeste da China (Divulgação)

Keung quer ajudar a diminuir a poluição do ar e do solo no noroeste da China (Divulgação)

Comentários
Topo