Colunas

Saiba mais sobre a arte de escolher um bom coach

Coach

Bons coaches são ótimos para empreendedores que procuram ampliar ou desenvolver seu negócio (iStock)

Atualmente, a maioria das pessoas sabe que ter um coach para negócios é algo que pode melhorar e trazer muito sucesso para os empreendimentos. Seja no começo de uma startup ou para a expansão de uma companhia que já está estabelecida, um coach pode tirar empresas da zona de conforto e fornecer um feedback imparcial e mostrar a realidade do que está acontecendo dentro da companhia. Isso pode ajudar a atingir metas e objetivos – ou não, caso você escolha o coach errado.

O empreendedor Tim Kitchen, fundador da agência de marketing digital Exposure Ninja, contratou um coach muito bem intencionado. Ele aconselhou que a empresa deveria “crescer” e mudar para um escritório físico. “Ele disse que empresas não confiam quando todas as pessoas trabalham remotamente, e que seria bom para os clientes, para a moral da empresa e para o lucro, se mudássemos para um local físico”, afirma Kitchen.

LEIA MAIS: 9 dicas para você se sobressair no trabalho

Ele procurou o local e encontrou instalações grandes o suficiente para sua equipe, e os realocou para iniciar essa “nova fase”. Entretanto, dentro de seis meses ele estava investindo seu próprio dinheiro para conseguir fazer o negócio funcionar.

Kitchen afirma: “Nossa produtividade tinha diminuído, nosso estresse aumentou em 10 vezes e a Exposure Ninja não era mais a nossa paixão, e sim um emprego regular em que nós enfrentávamos trânsito todos os dias para ir e voltar do escritório. Essa era exatamente a vida que ninguém queria – e foi por isso que começamos a trabalhar na EN em primeiro lugar, porque nós odiamos a ideia de estarmos presos em um escritório comendo biscoitos”.

LEIA TAMBÉM: Exercícios físicos são bons para líderes que querem ter um cérebro saudável

Kitchen agiu rapidamente, fechou o escritório e enviou toda sua equipe para trabalhar de casa novamente, e imediatamente o seu negócio teve o melhor mês de todos. No ano seguinte, a empresa dobrou de tamanho e está em constante crescimento desde então.

Portanto, onde as pessoas conseguem achar um coach que seja bom para o seu negócio? Referências por meio de amigos, sites de avaliações online ou pesquisas generalizadas através de organizações parecidas?

E TAMBÉM: 3 dicas para trabalhar em qualquer lugar do mundo sem deixar seu emprego

Pedir por recomendações de colegas não é uma opção infalível, mas ter uma recomendação confiável é uma solução muito melhor do que fazer pesquisas na internet, afirma Heather Townsend, autora de “The Go-To Expert” (sem tradução para o português), livro sobre como se destacar nos negócios.

Ela afirma: “não é fácil identificar os bons coaches no meio de tantos, mas é assim que eu escolheria. Pesquise sobre a pessoa a ser contratada nas redes sociais. Eles parecem fazer o que prometem? A marca online deles parece ser congruente com o que afirmam ajudar os clientes a atingirem os objetivos? Leia seus artigos, livros, blogs e assista seus vídeos. Você pode se relacionar com ele? Ele demonstra ter um diferencial e ser qualificado, ou parece fazer o “mesmo de sempre”? Bons coaches possuem seu próprio Programa de Iniciação e sua própria metodologia, então evite os que copiam e replicam as estratégias dos outros”.

VEJA MAIS: 14 passos para alcançar seu emprego dos sonhos no ano que vem (começando hoje)

Experiências positivas em indústrias relevantes é outro fator essencial. Um bom coach vai adicionar valor a qualquer negócio, entretanto, um coach com experiência específica em determinado setor adiciona muito mais valor do que um generalista, pois ele entende de problemas similares aos da sua empresa que já foram enfrentados por outras companhias.

Na maioria dos casos, a pior situação que pode acontecer é você escolher o coach de negócios errado e mexer na sua conta bancária em troca de pouco retorno. Entretanto, essa escolha pode prejudicar muito a confiança do empresário.

VEJA TAMBÉM: A pergunta que o bilionário Richard Branson faz a empreendedores na hora de investir

Carl Reader, líder consultor de negócios e cofundador da rede de treinamento de negócios Your Bear Group, afirma que o fator mais importante na relação efetiva com o coach de negócio é a sua conexão com o empreendedor.

“Se não houver conexão, ou não houver respeito e confiança, o processo será prejudicado desde o início”, afirma o consultor. “Você precisa se assegurar que seus valores estão alinhados com os do seu coach, ambas as personalidades e negócios precisam estar de acordo, e se isso ocorrer, profissional praticamente paga pelo seu serviço. Se eles não conseguirem achar melhorias no seu negócio – nem que seja pequenas vitórias – que cubram seu preço rapidamente, você deve cortar perdas e achar outra pessoa para atingir os seus objetivos”.

Comentários
Topo